Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Mulher de 55 anos em uso crônico de anti-inflamatório não esteroidal apresenta quadro de hemorragia digestiva alta vultosa. Após a estabilização hemodinâmica, realizou endoscopia que mostrou úlcera na 1ª porção duodenal, na parede posterior, recoberta por grande coágulo. Neste momento foi tratada com injeção de adrenalina. A paciente permaneceu sob observação rigorosa, quando em menos de 24 horas apresentou hipotensão e enterorragia. Qual o procedimento melhor indicado para esta paciente?

A
Repetir a endoscopia com esclerose.
B
Vagotomia com piloroplastia e ulcerorrafia.
C
Vagotomia e gastrojejunostomia.
D
Vagotomia e gastrectomia parcial.
E
Gastrectomia subtotal.
Homem, 32 anos, em bom estado geral, apresenta obstrução da via biliar, para a qual é solicitada CPER. Quais bactérias devem ser profilaticamente cobertas e qual o antibiótico de escolha?
Homem, 68 anos, com insuficiência cardíaca compensada e DPOC, apresenta quadro abdominal agudo compatível com síndrome perfurativa. Na cirurgia, é encontrada peritonite fecal difusa secundária à diverticulite aguda de sigmoide. Em relação ao uso de antibióticos, são feitas as seguintes assertivas. I. É imprescindível a coleta de secreção peritonial para orientar a terapêutica medicamentosa. II. A flora a ser coberta pelos antibióticos é a aeróbia gram-negativa e anaeróbia. III. A utilização de aminoglicosídeos é a melhor opção terapêutica para cobrir a flora gram-negativa. Qual é a alternativa correta?
São fatores que inibem a cicatrização, exceto:
Paciente vítima de agressão com hematomas e escoriações no abdome. Qual dos seguintes achados indicaria a necessidade absoluta de laparotomia de emergência:
Compartilhar