Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Mulher de 55 anos procura atendimento de urgência devido a desconforto precordial súbito iniciado há cerca de três horas. O eletrocardiograma mostra supradesnivelamento do segmento ST na parede anterior, com ondas T invertidas e profundas. Há discreto aumento de troponina. A arteriografia das coronárias realizada de urgência não revelou lesões obstrutivas na macrocirculação epicárdica. O ecocardiograma revelou disfunção predominantemente apical do ventrículo esquerdo. Não havia história de cardiopatia prévia. Sabia ser diabética há cinco anos e estava em uso de sitagliptina (inibidor da dipeptidil peptiase-4) e dieta. Familiares relataram que a paciente havia tido sério desentendimento com uma filha na manhã daquele dia. Tratada sintomaticamente, seu quadro clínico e laboratorial retornou ao normal em poucos dias. Este quadro é indicativo de:

A
intoxicação pela sitagliptina.
B
cardiomiopatia de Tako-Tsubo.
C
miocardiopericardite aguda por Coxsackie B.
D
doença obstrutiva da microcirculação coronária secundária ao diabetes.
Em relação ao uso de inibidor da enzima conversora da angiotensina ou do bloqueador do receptor de angiotensina II, é correto afirmar que
Segundo o Programa Nacional de Imunização (Ministério da Saúde, calendário atual, 2009), até os 10 anos de idade, os residentes em zonas não endêmicas ou de transição para febre amarela, devem receber agentes imunizantes vivos, atenuados, para quantas doenças?
Na infecção pela bactéria Bordetella pertussis, o hemograma apresenta:
Os tipos de hérnia inguinal mais comuns no homem e na mulher são, respectivamente:
Compartilhar