Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Mulher de 55 anos procura atendimento de urgência devido a desconforto precordial súbito iniciado há cerca de três horas. O eletrocardiograma mostra supradesnivelamento do segmento ST na parede anterior, com ondas T invertidas e profundas. Há discreto aumento de troponina. A arteriografia das coronárias realizada de urgência não revelou lesões obstrutivas na macrocirculação epicárdica. O ecocardiograma revelou disfunção predominantemente apical do ventrículo esquerdo. Não havia história de cardiopatia prévia. Sabia ser diabética há cinco anos e estava em uso de sitagliptina (inibidor da dipeptidil peptiase-4) e dieta. Familiares relataram que a paciente havia tido sério desentendimento com uma filha na manhã daquele dia. Tratada sintomaticamente, seu quadro clínico e laboratorial retornou ao normal em poucos dias. Este quadro é indicativo de:

A
intoxicação pela sitagliptina.
B
cardiomiopatia de Tako-Tsubo.
C
miocardiopericardite aguda por Coxsackie B.
D
doença obstrutiva da microcirculação coronária secundária ao diabetes.
A hemoglobinúria paroxística noturna caracteriza-se:
Durante o processo de reanimação neonatal,
Desde a década passada, a Atenção Integral às Doenças Prevalentes da Infância (AIDPI) revelou-se uma estratégia adequada à disposição dos médicos, com um conjunto básico de intervenções baseadas em evidências científicas que permitem prevenir e tratar eficazmente as principais doenças e problemas que afetam a saúde nos primeiros anos de vida. Acerca dessas evidências, julgue o item. O quadro de uma criança de 6 meses de idade está com diarreia sem sangue nas fezes há 5 dias, letárgica, sem beber bem líquidos oferecidos (sais de reidratação oral) e cuja pele, quando pinçada, volta muito lentamente ao estado anterior, deve ser classificado como caso de desidratação grave.
Quanto às variações hormonais no ciclo menstrual normal é CORRETO:
Compartilhar