Questões na prática

Clínica Médica

Reumatologia

Mulher de 56 anos, queixa-se de dor e inchaço articular há 4 anos, acometendo joelhos, interfalangeanas proximais e metacarpofalangeanas bilateralmente. A dor inicia-se pela manhã, dificultando as atividades diárias, e tem duração de 2 horas. Há 2 meses apresenta falta de ar, indisposição e perda de peso de 5 kg. Exame físico: regular estado geral, afebril, pálida; espessamento e sinais inflamatórios nas articulações metacarpofalangeanas. Exames laboratoriais: hemoglobina 10,0 g/dl, hematócrito 32%, Fator Antinúcleo (FAN) 1:80 e Proteína C Reativa (PCR) 25 mg/L. O diagnóstico mais provável é:

A
Lúpus eritematoso sistêmico.
B
Doença de Still.
C
Artrite reativa.
D
Artrite reumatoide.
E
Osteoartrite.
Os efeitos adversos possíveis da rifampicina, isoniazida e pirazinamida, respectivamente, são:
Sobre as patologias das vias biliares podemos afirmar, EXCETO:
São considerados fatores preditores de fibrose em pacientes portadores de esteatose hepática vista ao ultrassom e podem auxiliar na indicação de biópsia hepática:
É característica do abscesso hepático piogênico:
Compartilhar