Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Dermatologia

Mulher de 57 anos, apresenta reação de Mitsuda positiva. Pode-se afirmar que ela:

A
está infectada agudamente pelo Mycobacterium leprae.
B
é resistente à infecção pelo Mycobacterium leprae.
C
não apresenta hanseníase.
D
evolui com as formas virchowianas da doença.
E
não evolui com as formas virchowianas da doença.
Um carteiro de 60 anos foi atendido com dor em torno do quadril esquerdo, que dificultava a deambulação e o fazia faltar ao trabalho há vários dias. No exame osteoarticular, o médico observou piora importante da dor à abdução da coxa. Tal manifestação indica, como mais provável, a hipótese de:
Em pacientes com queimaduras, são critérios para encaminhamento à internação e/ou manejo por especialista, EXCETO:
Mulher, 52 anos de idade, assintomática, em início de menopausa, apresentou em exames de rotina AST: 210 U/dl, ALT: 102 U/dl, gamaglutamiltransferase: 92 U/l. Não faz reposição hormonal. Nega transfusões sanguíneas e tem apenas um parceiro sexual. O exame físico é normal. Realizou exames adicionais que revelaram Hb: 13,2 g/dl, Ht: 37%, leucograma: 5.700 leucócitos/mm³ sem desvios, glicemia: 82 mg/dl. Anti-HCV positivo, AgHBs negativo, índice de saturação de transferrina: 40%, ferritina sérica: 850 mcg/dl. Anticorpos antimitocôndria, antimúsculo liso e anti-LKM negativos. Anticorpos anti-TPO positivos. Confirmando-se a principal suspeita diagnóstica, o objetivo específico do tratamento será:
Em relação à hérnia crural, assinale a alternativa INCORRETA.
Compartilhar