Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Mulher de 58 anos, menopausa cirúrgica aos 48 anos por endometriose, fez uso de Terapia de Reposição Hormonal (TRH) por dois anos logo após a cirurgia. Atualmente, sem sintomas climatéricos, apresenta densitometria óssea de rotina com T-score de -2,68 desvios-padrão na coluna lombar. Faz caminhadas três vezes por semana, toma uma xícara de leite ao dia e come queijo regularmente. O diagnóstico e conduta são:

A
osteoporose; deve-se retornar com a TRH.
B
osteopenia; intensificar o exercício físico e a dieta rica em cálcio.
C
osteopenia grave; introduzir a suplementação de 1 g de cálcio ao dia.
D
osteoporose; bifosfonatos associado à suplementação de 1 g de cálcio ao dia.
E
massa óssea normal para idade e tempo de menopausa; manutenção do exercício físico e dieta.
A epilepsia parcial benigna é um tipo comum de epilepsia parcial na infância, com excelente prognóstico, com pico de incidência entre os 9 e 10 anos de idade, ocorrendo durante o sono em 75% dos pacientes que apresentam crises parciais com sinas motores e somatossensoriais confinados à face. O padrão do EEG apresenta focos de ponta repetidas na área centrotemporal ou rolândica com a atividade da base normal. A droga preferida para o controle dessas crises é:
Com relação às queimaduras químicas em olho, considerando uma unidade de saúde em área rural, cujo acesso a um oftalmologista mais próximo pode demorar mais de 2 horas de automóvel, a melhor conduta é:
Paciente de 66 anos se apresenta com rouquidão e dor cervical. O diagnóstico de câncer de laringe é presumido. Uma vez confirmado o diagnóstico, a partir do conhecimento dessa neoplasia, pode-se afirmar que:
Em relação à obstrução arterial, considere as seguintes afirmativas: 1. Na embolia arterial aguda, a maior fonte de êmbolos é o coração. 2. Na embolia arterial aguda, geralmente o paciente relata claudicação intermitente prévia. 3. Oclusões trombóticas isoladas da artéria femoral geralmente não levam a quadros importantes de claudicação. 4. Em relação à claudicação intermitente, a distância da claudicação não se altera quando se mantém o mesmo ritmo da marcha tanto no aclive quanto no declive. 5. A anamnese e o exame clínico concluem com razoável precisão se o paciente sofreu embolia ou trombose aguda. Assinale a alternativa correta:
Compartilhar