Questões na prática

Clínica Médica

Hepatologia

Mulher de 64 anos, etilista pesada, apresenta-se com icterícia (+++/4+), prurido, e vesícula biliar palpável no HD. Qual dos seguintes itens NÃO deve ser considerado em seu diagnóstico diferencial?

A
Cirrose biliar primária
B
Cálculo encravado na papila de Vater
C
Carcinoma de vesícula
D
Carcinoma da cabeça do pâncreas
Depressão é uma desordem psiquiátrica muito mais frequente do que se imaginava. Estudos recentes mostram que 10% a 25% das pessoas que procuram os clínicos gerais apresentam sintomas dessa enfermidade. No entanto, seu diagnóstico continua sendo equivocado, sub ou superestimado. Considerando o impacto social e econômico da depressão subdiagnosticada, os profissionais de saúde devem estar atentos às histórias de seus pacientes buscando identificar fatores de risco para o desenvolvimento dos quadros depressivos. Dos fatores abaixo listados, aqueles que podem ser considerados de risco para o quadro depressivo são:
Os politraumatizados de acidente automobilístico com uso de cinto de segurança de 2 pontos têm mais risco de lesões de que órgãos?
Menina, 9 anos, apresenta retardo moderado do desenvolvimento psicomotor, crises tônicas generalizadas em sono, mioclonias multifocais em vigília e crises atônicas com queda súbita ao solo. Há história de sofrimento perinatal, Apgar 3 no primeiro minuto e 5 no quinto minuto. O EEG evidencia descargas generalizadas na forma de complexos ponta-onda a 2.0-2.5 Hz. Qual a provável síndrome epiléptica e qual a melhor opção terapêutica neste caso?
Em relação à triagem metabólica neonatal preconizada pelo Ministério da Saúde, são apresentadas as assertivas a seguir: I. Todo RN deve ser rastreado para fenilcetonúria, hipotireoidismo e hemoglobinopatia. II. Como rotina, devem ser solicitados testes de triagem para fibrose cística, galactosemia e tirosinemia. III. A coleta de sangue para os testes deve ser feita a partir do primeiro dia de vida, até no máximo 3 meses de vida. Qual é a alternativa correta?
Compartilhar