Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Nefrologia

Mulher de 65 anos, internada na U.T.I. com diagnóstico de pancreatite grave, é portadora de miocardiopatia e hipertensão. O exame físico revela paciente com confusão mental. PA= 100x70mmHg; FC= 100bpm e diurese normal. Gasometria arterial com máscara de O2 10L/min; pH = 7,15; PaCO2 = 39; Pa O2 = 47; HCO2 = 13, BE = -15,3; saturação arterial de O2 = 72%. Assinale a correta:

A
A diurese normal afasta o diagnóstico de choque.
B
A ventilação mecânica não está indicada porque a PaCO2 está normal.
C
Nessa situação, a primeira medida terapêutica é a correção do bicarbonato.
D
A gasometria revela quadro de acidose por distúrbios metabólicos.
E
A queda nos valores de bicarbonato decorre da tentativa de compensar a acidose respiratória.
Um homem de 49 anos procura a emergência com queixa de cefaleia, fotofobia e diminuição do nível de consciência. Sua mãe teve hemorragia subaracnoidea aos 56 anos. O paciente era previamente hígido, tendo feito controle de saúde recentemente. Ao exame físico apresentava PA 148/84 mmHg e rigidez de nuca discreta. A TC de crânio não apresentava alterações. Qual a conduta apropriada para o manejo desse paciente?
Lactente de dois anos, eutrófico, é atendido na emergência com quadro de oligúria e edema de membros inferiores. A mãe relata que há quinze dias a criança apresentou diarreia aguda que evoluiu em dois dias para diarreia sanguinolenta. Os exames laboratoriais demonstram densidade urinária baixa, proteinúria mais, anemia e trombocitopenia moderadas ureia e creatinina séricas elevadas. A coprocultura para E. coli enteropatogênica é negativa. Com base nesses dados, o diagnóstico mais provável é:
Sobre a anatomia cirúrgica da região ínguinocrural, é incorreto afirmar:
Para uma paciente pós-menopausada, sem fogachos, com queixa de dispareunia e secura vaginal, a conduta proposta seria:
Compartilhar