Questões na prática

Psiquiatria

Mulher de 78 anos, aposentada como professora de ensino médio, portadora de doença arterial coronariana, diabetes e insuficiência renal crônica, é submetida a uma avaliação geriátrica ampla, face a crescente necessidade de ajuda para realizar atividades do dia-a-dia, como fazer compras, cuidar das finanças e da casa, por exemplo. Desde que teve uma acidente vascular cerebral há dois anos, se movimenta com a ajuda de um andador. Atualmente faz uso de aspirina, nitrato, diltiagem, forosemida, enalauril e glipizida. No Mini- Exame do Estado Mental (MEEM), apresentou escore de 23/30. Vive só desde que o marido morreu há 1 ano e conta com a ajuda da sobrinha, que tem uma loja próxima, para conseguir comprar mantimentos, pagar contas, limpar o apartamento e ir ao médico quando necessário. Qual o dado apresentado que deve ser considerado como maior fator de risco para mortalidade, independente de outros, nesse caso?

A
O fato de viver só.
B
Polimorbilidade crônica.
C
História pregressa de acidente vascular cerebral.
D
Uso regular de mais cinco medicamentos.
E
Declínio cognitivo com perda da independência na vida diária.
São sinais maiores de sinusite aguda, EXCETO:
A síndrome de Down, trissomia do cromossomo 21, é considerada a anomalia cromossômica mais frequente nos seres humanos, sendo que a presença de defeitos cardíacos é destacada como umas das principais causas de morte. Podemos afirmar que a principal cardiopatia congênita encontrada em pacientes portadores da síndrome é:
Neoplasia renal mais freqüente na infância, o tumor de Wilms, também conhecido como nefroblastoma, chega a corresponder a 95% dos tumores renais diagnosticados em menores de 15 anos de idade. Freqüentemente se apresenta como massa abdominal assintomática, muitas vezes descoberta em um exame de rotina. Com o avanço das terapias nos últimos 30 anos transformou-se em uma das neoplasias malignas com maior sucesso quanto a real possibilidade de cura, fato esse que enobrece ainda mais a importância de seu diagnóstico. Assinale dentre as alternativas abaixo as manifestações clínicas mais relevantes para o diagnóstico:
Uma adolescente de 13 anos procurou a Unidade Básica de Saúde acompanhada de sua genitora, com queixas de prurido e vermelhidão ocular. Apresenta secreção ocular clara, sem formação de crostas. O exame ocular no momento é normal, exceto por uma leve injeção bilateral da conjuntiva. Qual será o tratamento mais apropriado nesse caso?
Compartilhar