Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Multípara no início do oitavo mês de gestação, acorda na madrugada com abundante sangramento vaginal, sem dores nem contração, tendo tido prenhez normal até então. O mais provável diagnóstico é:

A
DPP
B
DPP forma tóxica
C
placenta prévia
D
acidente de Couvelaire
E
apoplexia uteroplacentária
Tiago, 16 anos, procurou o serviço de urgência referindo eliminação de sangue vivo pelo reto em três ocasiões nas últimas 24h. Ele está em bom estado geral e não usa medicações. Refere episódio semelhante há um ano, quando realizou endoscopia digestiva alta e colonoscopia normais, sendo rotulado como portador de hemorroidas. Seu exame físico geral é normal, abdome normotenso, indolor e sem massas palpáveis. Ele não tem hemorroidas e o sangramento continua. Seu hematócrito é 32 mg/dl. Diante deste caso, qual deve ser a causa mais provável do seu sangramento?
Menino, 2 meses, chega à unidade de emergência com história de vômitos não biliosos pós-alimentares há 20 dias. Exame físico: bom estado geral; irritado; FC = 140 bpm; FR = 50 irpm; mucosas secas; choro sem lágrimas; fontanela levemente deprimida; turgor pastoso; sem outras alterações. Qual o distúrbio acidobásico e eletrolítico esperado?
Homem, 78 anos, acamado de longa data, chega ao atendimento com úlcera por pressão em região glútea, de 4 cm de diâmetro e exposição de músculo. Nota-se também que a mesma não apresenta sinais de infecção ou necrose, porém, apresenta secreção abundante, sem odor. Qual é o tratamento mais indicado?
Mulher, 58 anos, atendida em unidade hospitalar de urgência e emergência, com dor de início súbito em membro inferior esquerdo associado à cianose não fixa, frialdade, parestesia e dificuldade de movimentação há quatro horas. Ao exame apresentava ritmo cardíaco irregular. Pressão arterial: 140 x 90 mmHg; FC: 100 bpm. Pulsos periféricos ausentes à palpação desde a região femoral nesta extremidade. Membro inferior contralateral com perfusão normal e pulsos periféricos amplos. Qual a conduta diante deste caso?
Compartilhar