Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Nefrologia

Na acidose metabólica hiperclorêmica com ânion gap normal, assinale a alternativa correta.

A
É observada na acidose láctica da sepsis.
B
É encontrada na cetoacidose diabética e na insuficiência renal.
C
Ocorre na acidose láctica, na cetoacidose diabética e na intoxicação por metanol.
D
É encontrada na diarreia e na acidose tubular renal.
E
É encontrada apenas na insuficiência renal aguda.
Um lactente com 6 meses de vida foi com a mãe ao ambulatório de crescimento e desenvolvimento. Revendo a história, o pediatra observou que o bebê nasceu de parto vaginal após uma gestação de baixo risco. Chorou forte ao nascer e permaneceu o tempo todo com a mãe no alojamento conjunto. Recebeu alta com 48 horas de vida, sendo amamentado exclusivamente ao seio materno e sem intercorrência clínica. O cartão de vacinação está atrasado e ele tomou apenas a primeira dose da vacina contra a hepatite B, ainda no hospital. A mãe referiu que a criança era amamentada exclusivamente ao seio até o momento da consulta. Com base nessa situação, julgue os seguintes itens. I- O fato de a criança ter permanecido em alojamento conjunto contínuo por 48 horas contribuiu para a manutenção do aleitamento materno exclusivo até os 6 meses de vida. II- Considerando que a criança tenha pesado 3.000 g ao nascer, seria correto esperar que, no momento da consulta, ele pesasse aproximadamente 7.000 g. III- Segundo o Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde do Brasil, a criança em questão deveria ser imunizada com as seguintes vacinas: BCG intradérmico, segunda dose da vacina contra hepatite B, primeira dose da vacina tetra, antipoliomielite e contra rotavírus. IV- O pediatra deve recomendar a introdução de alimentos sólidos complementares, começando com uma fruta pela manhã ou tarde e papas de legumes no horário do futuro almoço. V- A próxima visita de controle deve ser feita aos 9 meses de vida da criança. A quantidade de itens certos é igual a:
Juliana, 22 anos, solteira, procurou seu médico de família com o exame HCG positivo no dia 10 de outubro de 2008. Relatou que a data de sua última menstruação foi em 25/7/2008. Juliana é mãe de Davi, fruto de um relacionamento passado com Pedro. Vive com sua mãe (Dona Dora), seu pai (Sr. Francisco Eugênio) e 3 irmãs mais jovens solteiras. Estudou até a sétima série, tendo abandonado os estudos para trabalhar em “casa de família”. Relata que a vida em casa está difícil, pois Sr. Francisco é etilista pesado e, apesar de haver períodos raros em que a dinâmica familiar é satisfatória e competente, aqueles disfuncionais e insatisfatórios tendem a prevalecer. Após essa primeira consulta de Juliana, o médico de família solicitou os exames complementares. Assinale a alternativa que contém os exames laboratoriais que devem ser solicitados na primeira consulta de pré-natal:
Lúcia (37 anos, G0P0A0) e Renato (36 anos) são casados há 10 anos e desde então vêm tentando ter um filho. O casal revela ter um desejo enorme em ter uma criança e grande frustração pelas várias tentativas sem sucesso. Lúcia nega outras patologias e cirurgias prévias. Com relação à abordagem do casal infértil pelo médico de família, é INCORRETO afirmar que:
Sr. Pedro, 82 anos, procurou seu médico de família com escoriações em mmii e hematoma em face após episódio de queda no banheiro de sua casa. Sr. Pedro vive com Dona Lourdes, 80 anos, 1 filha viúva de 56 anos e 2 netas. Veio à consulta acompanhado pela filha, ela relatou que Dona Lourdes também caíra 2 vezes no último mês. Todas as alternativas abaixo seriam contraindicações absolutas para Sr. Pedro iniciar de forma lenta e gradual um programa de atividade física, EXCETO:
Compartilhar