Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Na assistência a paciente com 33 semanas de idade gestacional e síndrome HELLP, deve-se:

A
Realizar avaliação clínica e laboratorial, ultrassonografia para avaliação hepática, administrar corticosteroides e interromper a gestação
B
Administrar betametasona até que se completem 37 semanas, solicitar amniocentese para comprovação da maturidade pulmonar fetal e realizar cesariana sob anestesia geral.
C
Realizar avaliação clinica e laboratorial, ultrassonografia para avaliação hepática com drenagem imediata de eventual hematoma
D
Realizar transfusão de plaquetas e crioprecipitado, heparinização e cesariana
E
Administrar heparina e dexametasona e realizar cesariana imediatamente pelo risco de hematoma hepático nos quadros graves
Menina com 1 ano de idade é levada ao pediatra com história de febre há 2 dias, escurecimento da urina e irritabilidade. Ao exame não são observados sinais de infecção de vias aéreas, e a criança apresenta-se febril. A urocultura, colhida em condições ideais, revela-se positiva para Escherichia coli. Além da terapêutica antimicrobiana e das uroculturas para controle, recomenda-se:
Paciente de 9 anos, com diagnóstico de glomerulonefrite difusa aguda pós-estreptocócica, evolui na quinta semana de doença com hipertensão arterial (percentil > 95%) e hematúria macroscópica. Exames complementares revelaram creatina sérica: 4, 2 mg/dl, ureia sérica: 99 mg/dl e dosagem de proteína urinária: 160 mg/kg/dia. Para esse caso, há indicações de:
A diarreia aguda permanece como uma importante causa de morte de crianças em todo o mundo. O adequado tratamento da desidratação de crianças é fundamental para evitar essas mortes. Nesse caso:
Em relação à insuficiência cardíaca congestiva (ICC), na faixa etária pediátrica, analise as afirmativas a seguir: I. Os principais sinais de ICC na criança são: cardiomegalia, taquipneia, di?culdade pra mamar, palidez, sudorese, baixo ganho ponderal e hepatomegalia. II. O edema bipalpebral e de membros inferiores surgem em casos extremos sendo uma das principais diferenças clínicas da ICC no adulto e na criança. III. Os sinais e sintomas de ICC surgem após o primeiro ano de vida na maioria dos casos de cardiopatia congênita. IV. O sopro cardíaco é o principal sinal de cardiopatia congênita, assim como a cianose central; a ICC é manifestação esporádica e aparece principalmente no pré-escolar e adolescente. Assinale a alternativa correta.
Compartilhar