Questões na prática

Clínica Médica

Hepatologia

Na avaliação de um paciente com ascite de origem recente, assinale o item que melhor define a etiologia:

A
Nível de glicose no líquido ascítico.
B
Gradiente soro-ascítico de proteínas.
C
Nível de LDH no líquido ascítico.
D
Gradiente soro-ascítico de albumina.
E
Gradiente soro-ascítico de LDH.
Mulher, 30 anos de idade, G3P2A0, com 40 semanas de gestação, progrediu no trabalho de parto de 6 cm para 7 cm de dilatação cervical em 2 horas. Ao toque: ODP em plano 0 de DeLee, que persiste desde o início do trabalho de parto. Dos seguintes episódios, o que melhor descreve o partograma dessa paciente é:
Paciente, dois anos de idade, é encaminhado ao ambulatório devido ao diagnóstico de tuberculose na tia paterna. A criança recebeu a vacina BCG ao nascer. Na investigação, foi solicitado raio X de tórax, que foi normal e PPD, cujo resultado foi de 3 mm. Com relação à interpretação do teste tuberculínico, é incorreto afirmar:
A aferição correta da tensão arterial, por técnica padronizada, vem sendo enfatizada como medida de qualidade de atenção médica. São recomendações que fazem parte da padronização do Ministério da Saúde, exceto:
Paciente, sexo masculino, 28 anos de idade, chega à emergência vítima de acidente motociclístico e, segundo relato da equipe de resgate, estava sem capacete e cursou com traumatismo cranioencefálico. Ao exame, o paciente encontrava-se pálido com pulsos filiformes e com expansibilidade torácica bilateral, desorientado, apresentava abertura ocular ao chamado e não possuía movimentação espontânea, mas localizava a dor quando estimulado. Um ferimento linear em supercílio e região temporal esquerdos com sangramento ativos chamava atenção. O paciente foi submetido a uma craniotomia descompressiva por hematoma intraparenquimatoso, e, no 8º dia pós-operatório cursou com edema ++/IV e dor do membro inferior esquerdo, com empastamento da panturrilha ipsilateral. O exame diagnóstico a ser solicitado é:
Compartilhar