Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Na avaliação de um recém-nato com 2.500 g, 46 cm de comprimento e 29 cm de perímetro cefálico, solicita-se radiografia de crânio e de ossos longos, que demonstra apenas calcificações cerebrais. As infecções congênitas mais compatíveis com o quadro descrito são:

A
rubéola e sífilis.
B
listeriose e rubéola.
C
toxoplasmose e citomegalovirose.
D
herpes simples e AIDS.
E
sífilis e brucelose.
Na avaliação pré-operatória para a composição do Risco Cirúrgico, um paciente com cirrose deve ser criteriosamente avaliado utilizando-se a classificação de Child-Pugh. Qual dos itens abaixo não é elemento para esta avaliação?
Ao examinar uma paciente com pequena tumoração redutível na região inguinal direita. Observamos que quando a paciente tosse ou lhe solicitado que faça a manobra de Valsalva detectamos um abaulamento abaixo do ligamento inguinal. De acordo com a classificação de Nyhus como você classificaria esta hérnia.
<P>Um paciente, com 28 anos de idade, é hospitalizado por um quadro de tuberculose pulmonar grave. Iniciada terapia com isoniazida, rifampicina e pirazinamida e solicitada sorologia anti-HIV que foi positiva. Quatro semanas após o início da terapia para tuberculose, o paciente encontra-se estável clinicamente. A contagem de células CD4 foi de 45 células/mm³ e a carga viral (CV) => 55.000 cópias/ml pela técnica de RT-PCR. Um esquema antirretroviral aceitável seria: </P>
Mulher jovem com quadro de corrimento vaginal espesso e purulento, cuja análise microbiológica mostrou a presença de diplococos Gram-negativos agrupados aos pares no interior de leucócitos. Pensando no agente etiológico, qual deve ser o tratamento?
Compartilhar