Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Na dequitação deve-se considerar que: I. a retirada manual da placenta abrevia o tempo da cesariana ou do parto, reduzindo o risco de infecção. II. a inserção fúndica da placenta, a atonia uterina e o acretismo placentário são fatores predisponentes à inversão uterina. III. na placenta percreta, como o tecido placentário não ultrapassa o miométrio, o tratamento é realizado por via abdominal. IV. na inversão uterina aguda, a primeira tentativa de correção a ser adotada é por via vaginal. Estão corretas somente as afirmações:

A
I, II e III.
B
I e III.
C
I e IV.
D
II e IV.
E
todas acima são verdadeiras.
Quais as razões mais comuns de INSUCESSO no emprego de um enxerto cutâneo?
Um médico de família e comunidade (MFC) trabalha em área de risco na periferia de uma grande cidade, onde a violência urbana, o tráfico e o consumo de drogas são evidentes. O crack é a substância psicoativa ilícita mais utilizada. Uma adolescente e morador de rua da área faz uso regular de crack há 3 anos. Fumou a última pedra de crack há 12 horas e procurou o médico na Unidade Básica de Saúde. Qual o provável estado mental do adolescente?
Homem, 57 anos de idade, tabagista desde os 13 anos de idade, deseja deixar de fumar. Consome 20 cigarros/dia, sendo o primeiro antes do café da manhã. Tem sobrepeso. Já tentou parar de fumar três vezes, tendo passado até três semanas em abstinência, mas retornou posteriormente. Não é etilista, nem tem comorbidade psiquiátrica. Nega uso de drogas. Quanto ao tratamento desse paciente, é correto afirmar:
Qual o tumor maligno primário mais comum do osso?
Compartilhar