Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Gastroenterologia

Na estenose pilórica podemos afirmar que:

A
Estenose hipertrófica do piloro não é a causa mais frequente de vômitos na infância
B
O exame do abdome mostra ondas peristálticas visíveis no mesogástrio e com direção superoinferior, indo em direção ao flanco esquerdo
C
O diagnóstico de obstrução pilórica, dado por vômitos biliosos precoces logo após mamadas em lactentes ao redor de 2 a 3 semanas de vida sugere estenose hipertrófica do piloro
D
A identificação da oliva pilórica à palpação é suficiente para o diagnóstico, não sendo necessário qualquer outro exame complementar
E
Nenhuma das alternativas anteriores está correta
Com relação aos critérios de morte encefálica, assinale a alternativa correta.
Fábio, 12 anos de idade, foi atendido na Unidade Básica de Saúde há 15 dias com infecção de vias aéreas superiores (IVAS). Retorna hoje sem sintomas de IVAS, com queixa de febre leve, mal-estar e dor articular em tornozelos, joelhos e punhos, que pioram com movimentação ativa e passiva. Exames complementares mostraram leucocitose, Proteína C reativa e VHS aumentados. Aponte o diagnóstico de Fábio.
Considere o caso de um paciente de 50 anos que está no 1º pós-operatório de gastrectomia total. Ele está em jejum e apresenta febre. Com relação a esse caso, assinale a opção incorreta.
Um homem de 52 anos de idade recorreu ao pronto-socorro de um hospital geral, queixando-se de intensa dor epigástrica com irradiação para região dorsal e vômitos que tiveram início cerca de 10 horas após o almoço. A avaliação clínica mostrou frequência cardíaca de 112 bpm, pressão arterial de 110 mmHg x 75 mmHg. Os exames cardiovasculares e respiratórios não apresentam alterações. O exame do abdome mostrou ruídos hidroaéreos normais, moderada dor na região epigástrica, ausência de hepatoesplenomegalia, ausência dos sinais de Cullen de Blumberg de Jobert de Giordano e de Torres Homem. A avaliação laboratorial mostrou 16.500 leucocitos/mm³, hematócrito de 48% no hemograma, amilase sérica - 1.520 unidades por litro (U/L) - valores de referência: 20-125 U/L - lipase sérica = 2.800 U/L (valores de referência: 20-125 U/L), transaminase pirúvica = 180 U/L (valores de referência: 10-40 U/L), cálcio sérico, albumina, trigliceridios, eletrólitos, ureia e creatinina dentro da normalidade. O eletrocardiograma convencional mostrou apenas taquicardia sinusal. Tendo em conta o caso clínico descrito no texto, as potenciais complicações clinicas que podem ocorrer no paciente incluem o(a): I- síndrome do desconforto respiratório. II- insuficiência renal aguda. III- ascite. IV- diabetes melito permanente. V- síndrome de resposta inflamatória sistêmica. A quantidade de itens corretos é igual a:
Compartilhar