Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Na pancreatite aguda, a imagem radiológica denominada “colo amputado” caracterizada pela observação à radiografia simples de abdome de segmento do colo transverso distendido, com presença de gás em seu interior e nível hidroaéreo, é devida a (ao):

A
processo infeccioso do pâncreas que se estende até o colo.
B
processo inflamatório do pâncreas, que pelo edema infiltra o mesocolo transverso comprometendo parcialmente sua vascularização e deixando este segmento parético.
C
ação das enzimas pancreáticas sobre a mucosa colônica.
D
saponificação das gorduras do mesocolo, fato que pode ocorrer na pancreatite grave.
E
esta imagem radiológica, somente ocorre na necrose do colo transverso, que pode ser secundária à pancreatite necrotizante.
Paciente de 35 anos, sexo masculino, comparece ao ambulatório com queixa de dor lombar persistente há seis meses. Refere que a mesma é pior ao acordar e melhora ao longo do dia com movimentação ou exercícios. Procurou pronto-socorro há alguns meses, tendo recebido receita de anti-inflamatório, do qual faz uso eventual com melhora parcial do quadro. Exame físico mostrou dor à palpação das articulações sacroilíacas e restrição da flexão da coluna (teste de Schober positivo). Exames laboratoriais recentes estão normais. Radiografia de tórax e de sacroilíacas estão normais. Considerando a principal hipótese diagnóstica para este paciente, qual a conduta terapêutica mais adequada no momento?
Paciente 36 anos, sexo feminino, com história de fadiga, constipação intestinal, “esquecimento”. Apresenta-se com a pele ressecada, pulso 60 ppm. A dosagem de T4 livre encontra-se diminuída e a de TSH aumentada. Qual a hipótese diagnóstica mais provável para esse caso?
A seleção pré-operatória de pacientes para a operação de redução de peso deve basear-se estritamente nas orientações do NIH. São eles, EXCETO:
Um garoto de 5 anos de idade se apresenta ao seu pediatra com prurido e dor abdominal. Ele estava bem até 8 dias atrás, quando apresentou um rash cutâneo. Seu abdome iniciou a doer hoje e, portanto, ele foi trazido ao médico. Vacinas em dia, e não toma nenhuma medicação. Ao exame, ele tem um rash cutâneo nas pernas, que consiste em pequenas manchas vermelhas de 1 a 3 mm de tamanho. Seu exame no abdome é inocente, mas a pesquisa de sangue oculto nas fezes é positiva. Ele também apresenta hematúria +/4+. Estes sintomas são relativos ao diagnóstico de:
Compartilhar