Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Na pesquisa do câncer de endométrio:

A
O teste Papanicolau é o melhor screening.
B
O teste da progesterona não revela a patologia endometrial.
C
A ultrassonografia transabdominal é o melhor método.
D
A maioria das pacientes apresenta sangramento vaginal.
E
A histeroscópia não identifica neoplasia endometrial.
Paciente de 68 anos de idade procurou atendimento por claudicação intermitente com marcha útil de 200 metros. História de hipertensão, diabetes e dislipidemia em uso de atenolol 50mg ao dia, metformina 850mg a cada 12 horas e rosuvastatina 10mg. Apresenta redução de pulsos distais e índice tornozelo: braquial 0.68. Qual das medidas abaixo não é indicada no manejo inicial do caso?
As questões 31 e 32 referem-se ao CASO CLÍNICO descrito abaixo. CASO CLÍNICO: Homem de 62 anos, grande fumante, normotenso e com índice de massa corporal de 32, apresenta os seguintes resultados de exames: Ureia: 80 mg%; Creatinina:3,2 mg%; Hematócrito: 28%; Colesterol total: 320mg%; HDL: 28; LDL: 170; EAS sem proteína, glicose, hemácias ou leucócitos. Que exame complementar, dentre os abaixo, você indicaria para tentar reforçar a hipótese diagnóstica sugerida:
Paciente feminina, com 68 anos de idade, foi admitida no pronto-socorro com história de hematoma em membro inferior direito de início recente e espontâneo. Nega antecedente pessoal de sangramento. Ao exame físico, apresenta-se descorada +/4, com extenso hematoma em membro inferior direito e com o restante do exame físico normal. Na investigação laboratorial inicial apresentou os seguintes exames: Hb = 10,5 g/Dl, HT = 31,5%, GB 5,5 x 109/L, (bastonete = 1%, segmentados = 52%, eosinófilos = 2%, basófilos = 0%, linfócitos = 38%, monócitos = 7%), plaquetas 250 x109, tempo de tromboplastina parcial ativada prolongado (relação = 3,50) e que não foi corrigido após mistura com plasma normal (relação = 2,80), Razão Normalizada Internacional normal com valor de 1,00 e tempo de sangramento pelo método de Duke normal (2 minutos). Qual a principal hipótese diagnóstica diante desse quadro?
Jovem de 23 anos queixa-se de excesso de pelos em região facial, e, à ectoscopia, nota-se hirsutismo moderado. Dosagens hormonais revelam testosterona e 17-alfa-hidroxiprogesterona em níveis normais, porém o S-DHEA (sulfato de deidroepiandrosterona) estava bastante elevado. A principal hipótese diagnóstica é:
Compartilhar