Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Na primeira consulta de pré-natal, paciente de 32 anos, 2G 1P normal há 2 anos, informa ter tipo sanguíneo O Rh negativo. Não sabe qual o tipo sanguíneo do seu filho nem do pai do bebê que está esperando. O obstetra solicita teste de coombs indireto, que é positivo (menor que 1/16). Está com 8 semanas de gestação. O que deve ser feito?

A
Prescrever gamaglobulina hiperimune anti-D imediatamente, na 28ª semana e imediatamente após o parto.
B
Solicitar tipagem sanguínea do pai. Se for Rh positivo, está indicada gamaglobulina hiperimune anti-D na 24ª semana.
C
Prescrever gamaglobulina hiperimune anti-D após o parto apenas se o recém-nascido for RH positivo.
D
Realizar transfusão fetal intrauterina após 25 semanas pelo risco de síndrome de anemia fetal por aloimunização Rh.
E
Acompanhamento mensal com dosagem de anticorpos irregulares antieritrocitários e dopplervelocimetria de artéria cerebral média.
Dados maternos: 15 anos / 04 consultas de pré-natal/ DUM: 30/03/2015 / USG (11/05/2015): 8 semanas. Doença hipertensiva específica da gestação (DHEG), em uso de metildopa 250 mg 8/8 h nas últimas 2 semanas. Nega outras patologias na gestação. Uso de sulfato ferroso e ácido fólico na gestação. Sorologias 2º trimestre: HIV, VDRL, Hepatite B e C, Toxoplasmose - negativas. Rubéola e CMV imune. Dados do parto: Data: 02/12/2015 22h Parto Cesárea/DHEG Amniorrexe: 24h Peso nascimento: 1980g IG (capurro): 37s. Logo ao nascer, o RN foi imediatamente avaliado pelo médico responsável pela assistência em sala de parto, que observou o seguinte quadro: FC: 80 bpm, apnéia, hipotonia generalizada, ausência de reflexos e extremidades cianóticas. Foi mantido calor radiante sobre o RN, posicionada a cabeça de forma adequada e aspirado as vias aéreas, porém, ao final dos primeiros 30 segundos de vida o RN ainda mantinha o mesmo quadro. De acordo com o Programa de Reanimação Neonatal, qual deve ser a próxima conduta do médico?
Em Pediatria, o ritmo mais frequentemente encontrado na parada cardiorrespiratória é:
O exame de imagem mais adequado para o diagnóstico da torção testicular é:
Menino, 9a, comparece em Unidade Básica de Saúde para consulta de rotina anual. Mãe refere que criança vem apresentando roncos noturnos, sono agitado e episódios de pausa respiratória. Acha que o filho é agitado, desatento e dorme na sala de aula. Antecedente pessoal: rinite, controlada com higiene nasal e profilaxia ambiental. Exame físico: hipertrofia de amígdalas grau III, hipertrofia de cornetos nasais e respiração oral. O DIAGNÓSTICO E A CONDUTA SÃO:
Compartilhar