Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia Geral

Na questão a seguir encontram-se afirmações sobre o tema proposto. Teste o seu conhecimento escolhendo a alternativa que contenha 3 afirmações verdadeiras. Tema: Principais complicações cirúrgicas - PARTE I: I-Aspiração pulmonar é uma complicação evitável na maioria dos casos, entretanto sua ocorrência, quando associada à pneumonia, se relaciona a altas taxas de mortalidade. II-Atelectasia é uma complicação pulmonar pouco frequente. Sua incidência é maior em portadores de doença pulmonar preexistente, idosos e obesos. III-Infecção urinária é a complicação infecciosa mais frequente no pós-operatório. IV-O tratamento do íleo pós-operatório funcional é de suporte. Jejum, reposição hidroeletrolítica e colocação de sonda nasogástrica são medidas iniciais que respondem com sucesso na maioria dos casos. V- A causa de febre mais comum nas 72 primeiras horas de pós-operatório é atelectasia pulmonar e, entre 5º e 8º dia, infecção do sítio cirúrgico. VI-Seroma é uma coleção de sangue ou coágulo na ferida e é a complicação de ferida operatória mais comum. A alternativa que contém três afirmações corretas é:

A
II, III e V
B
I, II e V
C
II, IV e VI
D
I, III e V
Primípara, amamentando recém-nascido saudável, no terceiro dia pós-parto, sente-se fadigada, sem sono, chora fácil, questionando a sua capacidade de poder nutrir o recém-nascido e medo de não ficar atrativa para o marido. Está se alimentando bem e gosta muito do bebê. Diante desse quadro, o diagnóstico provável é de:
Paciente de 54 anos com quadro de dor abdominal, localizada em fossa ilíaca esquerda, associado a alteração de hábito intestinal. Refere episódios prévios de hematoquezia. Hemograma com leucocitose e desvio para esquerda. EAS sem alterações. O diagnóstico mais provável é:
Uma mulher de 55 anos queixa-se de fogacho, secura vaginal e insônia. Nega co-morbidades prévias. G3 P2 A1, sendo que o aborto ocorreu na 3ª gestação e complicou com hemorragia maciça necessitando de histerectomia. Caso a pacientes já esteja em menopausa hormonal, o perfil laboratorial esperado é:
Paciente de 65 anos com início há duas horas de dor retrosternal tipo opressiva com irradiação para mandíbula e dorso, chega ao hospital ainda com dor. Você monitora, instala oxigênio, providencia um acesso venoso e verifica dados vitais. Para continuar o atendimento do paciente acima qual a conduta que deverá ser tomada a seguir?
Compartilhar