Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Trauma

Na síndrome compartimental addominal assinale o item errado:

A
Se a Pressão Intra Abdominal (PIA) for maior que 25 mmHg existe indicação de peritoneostomia.
B
Insuficiência renal aparece por efeito mecânico compressivo e alterações hormonais.
C
Translocação bacteriana e sepse podem acontecer por déficit de fluxo sanguíneo esplâncnico.
D
Hematoma retro peritoneal pode ser causa de síndrome compartimental abdominal.
E
Uso de Bolsa de Bogotá foi um método muito usado para tratamento de SCA hoje ultrapassado.
Pré-escolar de dois anos apresenta febre de 39°C e vômitos. Ao exame: moderada hiperemia de orofaringe e pequenas úlceras nos pilares anteriores das amígdalas. Sua principal impressão diagnóstica é faringoamigdalite aguda por:
Os limites do triângulo de Hesselbach são:
Em relação às doenças infecciosas, julguem os itens a seguir e marque a resposta correta. 1- A biópsia hepática deve ser indicada para todos os pacientes com RNA do vírus da hepatite C detectado. A genotipagem deve ser feita no início do tratamento para definir a duração do mesmo. Isto porque, segundo os protocolos de terapêutica, os pacientes infectados pelos genótipos 1 e 2 devem ser tratados por 24 semanas, enquanto aqueles com infecção pelo genótipo 3 devem ser tratados por 48 semanas. 2- Segundo o II consenso brasileiro de tuberculose, um paciente de 46 anos que apresentou escarro negativo para BAAR, com tosse produtiva, perda de peso > 15% do habitual e cavitação pulmonar em lobo superior na radiografia tem indicação de teste terapêutico com esquema RIP. 3- O teste com maior sensibilidade para diagnóstico para parasitológico da Leishmaniose visceral é o mielograma. Em pacientes sem contraindicações clínicas, a primeira opção terapêutica é o antimonial pentavalente. 4- Paciente com dispneia, sialorreia, rouquidão, lesão ulcerada na mucosa nasal, adenomegalia cervical há 6 semanas, em uso de esquema RIP sem melhora clínica há 4 semanas, deve ser investigado para paracoccidiomicose.
Paulo Sérgio, 19 anos, interna-se com dor de forte intensidade em membros inferiores e na região dorsal, que não melhoraram com o uso de dipirona oral. Exame físico: febre (38ºC), FC 110 bpm, PA 120 x 70 mmHg, hipocorado (++/4+), ictérico (++/4+). Aparelho cardiovascular e respiratório sem alterações. História de anemia diagnosticada aos 6 anos; no último ano foi internado em quatro ocasiões com quadro semelhante. Eletroforese de hemoglobina: HbS 97%, HbF 3%, HbA 0%. A terapêutica transfusional está indicada quando ocorre:
Compartilhar