Questões na prática

Clínica Médica

Cirurgia

Nefrologia

Urologia

Cirurgia Pediátrica

Na torção testicular podemos AFIRMAR que: Referência: SCHWARTZ, S. I. , SHIRES, T. , SPENCER, F. C. Princípios de Cirurgia. Rio de Janeiro. Editora Guanabara-Koogan. 2003.

A
Paciente apresenta dor insidiosa do testículo
B
Não tem incidência de predisposição anatômica bilateral à torção
C
O testículo não aparece em posição elevada e sempre está com apresentação posterior do epidídimo.
D
Uma torção de aproximadamente 8 horas de duração parece ser o limite após o qual o testículo sofre lesão irreversível.
E
Como os tumores testiculares raramente são hipersensíveis, é pouco provável que possam ser confundidos com a torção do apêndice testicular.
Assinale a alternativa correta:
Um lutador de artes marciais de 38 anos sofre fratura de ambos os ossos da perna esquerda durante um golpe violento e de alta energia. Ao exame físico ortopédico, observa-se deformidade angular evidente no terço médio da perna esquerda, pulsos distais presentes e não apresenta solução de continuidade na pele. O exame radiográfico evidencia desvio em varo de 10 graus no foco das fraturas e traços transversos diafisários no mesmo nível na tíbia e na fíbula. A melhor conduta terapêutica definitiva neste caso é:
Sobre o suporte a vida em pediatria analise as assertivas e assinale a alternativa correta: I - Há necessidade imediata de monitorização eletrocardiográfica em qualquer situação de parada cardíaca. II- Em torno de 20% das paradas cardíacas exigirão desfibrilação inicialmente com 2 joules/kg. III- A utilização de pás de adultos para eletroterapia está indicada acima de 10 kg de peso.
Lactente, com dois meses de idade, foi levado a consulta de rotina no consultório do Pediatra cooperado da Unimed-Rio. Seu perímetro cefálico está três desvios-padrão abaixo da média para idade e sexo. A mãe relatou que durante o primeiro trimestre da gestação teve Doença Exantemática Febril sem diagnóstico. O lactente apresenta cardiopatia congênita em investigação, retardo no crescimento, coriorretinite, catarata e surdez. Nesse caso a microcefalia deve ter sido causada por:
Compartilhar