Questões na prática

Psiquiatria

Psiquiatria

Na visão analítica, o sofrimento mental que pode ser prevenido na vida adulta do concepto por meio do planejamento familiar, de cuidados afetivos à gestante, de assistência afetiva ao parto, ao puerpério e à relação mãe-bebê nas primeiras semanas de vida, refere-se à:

A
ansiedade generalizada.
B
esquizofrenia.
C
histeria.
D
neurose obsessivo-compulsiva.
Um paciente de 19 anos chega para a consulta afirmando: “[...] sou o representante do Senhor no planeta Terra e minha missão é salvar toda a humanidade do Apocalipse [...]”. Relata possuir a capacidade de ouvir o pensamento dos outros e de operar milagres, como o de fazer aleijados voltarem a andar. Entretanto, tem a certeza de que a sua missão vem sendo atrapalhada por “agentes interessados em que o mundo acabe”. Ao exame, encontra-se vígil, orientado auto e alopsiquicamente, humor ansioso e memória preservada. Nega humor deprimido ou exaltado. Pai do paciente conta que ele começou a apresentar o quadro atual gradativamente nos últimos 7 meses e que acabou largando o emprego e os estudos nesse ínterim. Durante a entrevista, em nenhum momento, admite a possibilidade de estar enganado sobre suas ideias. O diagnóstico mais provável e a melhor conduta terapêutica são, respectivamente:
Um homem de 42 anos, com história de pirose retroesternal e regurgitação, fez endoscopia digestiva alta que evidenciou esofagite distal, classe B de Los Angeles. O teste da urease confirmou a presença de H. pylori. Neste paciente, a erradicação do H. pylori:
Você recebe em seu consultório, acompanhado pelos pais, recém-nascido com sete dias de vida, encaminhado para sua primeira consulta de puericultura. Mãe refere que paciente foi diagnosticado, durante o pré-natal, portador da Síndrome de Down (SD) por translocação. Os pais foram avaliados e a mesma translocação foi encontrada no cariótipo materno. Os pais trazem diversas dúvidas sobre os resultados dos cariótipos. A respeito desse achado, você pode corretamente afirmar:
Paciente de 56 anos de idade relata otalgia a esquerda com 2 semanas de evolução, associada a otorreia. Evolui com dor em região de mastóide e febre. Realizou TC que evidenciou velamento de mastóide à esquerda. Assinale a assertiva que contém os patógenos mais comumente associados à condição.
Compartilhar