Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

NÃO é uma manifestação tardia atribuída ao citomegalovirus congênito:

A
Coriorretinite.
B
Hidrocefalia.
C
Atrofia óptica.
D
Retardo mental.
E
Perda da audição neurossensorial.
Lactente de 10 meses apresenta crise convulsiva generalizada em vigência de febre (T. axilar de 39°C), com duração inferior a 15 minutos. Não apresenta sinais de irritação meníngea, exame neurológico sem alterações, sem evidência de foco infeccioso. Apresentara quadro semelhante aos 6 e 9 meses, sendo atendido em hospital nos dois episódios. Não usa medicação profilática. Após estabilizar o paciente, seria fundamental a realização de qual exame complementar para confirmação diagnóstica?
O Divertículo de Meckel é uma malformação congênita do intestino resultante de um fechamento incompleto do ducto onfalomesentérico. No tratamento do Divertículo de Meckel sangrante, o tratamento cirúrgico deve ser:
Paciente, 7 anos de idade, procedente da zona rural, é internado com quadro de dor abdominal há 3 dias em cólica de média intensidade, anorexia, tosse e febre diária de baixa intensidade. Ao exame, REG é nutricional, palidez cutaneomucosa. Abdome volumoso, SM visceromegalias, doloroso à palpação. Hemograma com 9400 leucócitos, 58% segm., 1% bast., 10% eosinófilo, anemia microcítica e hipocrômica moderada (Hb: 7,0; Ht: 26%), ausência de células anormais. RX de tórax com infiltrado inflamatório intersticial. O diagnóstico mais provável é:
Considere os sinais clínicos: I- Eritema no centro da face; II- Erosões nas mucosas; III- Bolhas disseminadas. Quais deles constituem sinais de gravidade de uma farmacodermia?
Compartilhar