Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Neurologia

Neuropediatria

Não se relaciona á Convulsão Febril (CF) simples:

A
crise tônico-clônica generalizada
B
duração inferior a 15 min (geralmente ao redor de 5 minutos)
C
recorre no mesmo dia
D
não se segue de déficit neurológico transitório
E
asência de sinais focais pós-ictiais
Uma lactente com oito meses de vida, aparentemente hígida, realizou exames de rotina a pedido de seu pediatra. O exame de urina tipo I colhido por saco coletor revelou: DU 1.030; 25 leucócitos/campo; vinte hemácias por campo; proteínas, substâncias redutoras, corpos cetônicos e urobilinogênio ausentes; sangue oculto ++; e alguns cristais de oxalato de cálcio. Nesse caso hipotético, a conduta correta será
Qual o fator de risco gestacional mais importante na gênese da sépsis neonatal precoce?
Um recém-nascido de termo, adequado para a idade gestacional, do sexo masculino, desenvolve icterícia intensa (bilirrubina indireta de 18 mg/dL e direta de 0,8 mg/dL) no segundo dia de vida e os exames revelam deficiência enzimática. Das enzimas citadas, a mais comumente envolvida nestes casos é
Vinícius, 65 anos, obeso, tabagista, portador de hérnia inguinal Nyhus tipo IVA, foi submetido a correção cirúrgica pela técnica de Lichtenstein com raque anestesia e opioide para analgesia. A cirurgia foi bastante trabalhosa devido dificuldades técnicas. No pós-operatório não conseguiu urinar, apresentando bexigona, sendo necessário sondagem de alívio. Qual a provável etiologia desta retenção urinária:
Compartilhar