Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Hematologia

Nilmar, 55 anos, tem dor lombar de média intensidade. Progrediu com limitação dos movimentos de membros inferiores, há 6 meses. Foi tratado inicialmente com fisioterapia, acupuntura e anti-inflamatórios com melhora discreta. Queda de bicicleta há 1 mês e a radiografia mostra fratura, com lesão lítica em úmero esquerdo. Na radiografia da coluna lombar observa-se fratura com achatamento de L2 e L3. Exame físico: palidez cutaneomucosa 2+/4, anictérico, ausência de petéquias e equimoses; RCR 2T; ap. respiratório sem alterações. Sem edemas em membros inferiores. Exames complementares: Hemácias 2.950.000/mm3, hemoglobina 8.1 g/dl, hemátocrito 26% VGM 88fL, Leucócitos 6400/mm3 com contagem diferencial normal e plaquetas 180.000/mm3. VHS 90 mm na primeira hora. Ureia 125 mg/dL, creatinina 4,8 mg/dL, albumina 2.8 g/dL, globulina 6,0 g/Dl. Proteinúria 2 g em 24 horas. O tratamento adequado para hipercalcemia é:

A
glicoinsulinoterapia IV
B
albumina humana IV
C
resina de troca
D
melfalan IV
E
ácido zoledrônico IV
Bebê com 30 dias de vida, sexo masculino, nascido a termo, sem comorbidades, em aleitamento materno exclusivo. Há um dia começou a apresentar episódios de regurgitação que evoluíram para vômitos em jato após aproximadamente 12 horas. Ao exame apresenta-se desidratado (++/++++). afebril e sem alterações do exame físico abdominal. Considerando-se o quadro acima, qual exame a ser solicitado e o diagnóstico mais provável?
A doença de Hirschsprung ocorre em um a cada 5.000 nascidos vivos. É INCORRETO afirmar que
Um homem procura médico para orientação sobre quando deve iniciar prevenção para neoplasia de próstata e a que exames deve ser submetido. Qual deve ser a resposta do médico?
Homem com 62 anos, em consulta com urologista traz os seguintes resultados de exames: PSA = 35 ng/ml (valor de referência: < 4 ng/ml) e radiografia da pelve evidenciando a presença de lesões osteolíticas. Biópsia transretal da próstata revelou diagnóstico de adenocarcinoma e cintilografia óssea demonstrou múltiplas lesões hipercaptantes em ossos da pelve e coluna vertebral. O tratamento proposto ao paciente deve ser:
Compartilhar