Questões na prática

Clínica Médica

Hematologia

Reumatologia

Nilmar, 55 anos, tem dor lombar de média intensidade. Progrediu com limitação dos movimentos de membros inferiores, há 6 meses. Foi tratado inicialmente com fisioterapia, acupuntura e anti-inflamatórios com melhora discreta. Queda de bicicleta há 1 mês e a radiografia mostra fratura, com lesão lítica em úmero esquerdo. Na radiografia da coluna lombar observa-se fratura com achatamento de L2 e L3. Exame físico: palidez cutaneomucosa 2+/4, anictérico, ausência de petéquias e equimoses; RCR 2T; ap. respiratório sem alterações. Sem edemas em membros inferiores. Exames complementares: Hemácias 2.950.000/mm3, hemoglobina 8.1 g/dl, hemátocrito 26% VGM 88 fL, Leucócitos 6400/mm3 com contagem diferencial normal e plaquetas 180.000/mm3. VHS 90 mm na primeira hora. Ureia 125 mg/dl, creatinina 4,8 mg/dL, albumina 2.8 g/dL, globulina 6,0 g/Dl. Proteinúria 2 g em 24 horas. O diagnóstico mais provável é:

A
mieloma múltiplo
B
adenocarcinoma de próstata
C
granulomatose de Wegener
D
amiloidose renal
E
doença de Paget
Na emergência pediátrica do IJF havia quatro crianças com DENGUE. Três delas foram internadas com sinais de alarme da doença. Por favor, marque a opção na qual, a princípio, o (a) paciente está com um quadro de dengue clássica:
Liliana, 12 anos, apresentou um quadro súbito de febre, cefaleia intensa, vômitos e rigidez de nuca. Na emergência do IJF, a pediatra solicitou exame do LCR (Líquido Céfalo-Raquidiano) e iniciou tratamento para meningite meningocócica. Qual desses achados poderia ter sido encontrado que sugerisse essa etiologia?
Recentemente, divulgaram-se mais de 1.000 casos de infecções pós-operatórias, em pacientes submetidos às cirurgias vídeo-endoscópicas e plásticas, entre outras, principalmente no estado do Rio de Janeiro. Estes casos apresentaram-se como infecções de pele e tecido subcutâneo com abscessos piogênicos, reação inflamatória aguda e supuração, com evolução lenta, formação de nódulos granulomatosos, ulceração e fistulização. Fato comum a todos os casos foi a falta de resposta aos antibióticos para cocos Gram positivos, e para bacilos Gram negativos inclusive multiresistentes, e ainda a observação de BAAR nestas lesões. A partir das informações acima, avalie as alternativas e assinale a correta:
Associe as colunas e assinale a alternativa que contem a sequência correta: [I]- Primeira bulha hiperfonética. [ ]- Taquicardia [II]- Primeira bulha hipofonética. [ ]- Hipertensão sistêmica [III]- Componente aórtico hiperfonético da segunda bulha. [ ]- Estenose aórtica calcificada [IV]- Componente aórtico hipofonético (suave) da segunda bulha. [ ]- Hipertensão pulmonar [V]- Componente pulmonar hiperfonético da segunda bulha. [ ]- Estenose mitral
Compartilhar