Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Trauma

No atendimento aos politraumatizados, segundo a orientação do ATLS (Advanced Trauma Life Suport®), podemos dizer que a afirmativa INCORRETA é: (Referência: SUPORTE AVANÇADO DE VIDA NO TRAUMA (Advanced Trauma Life Suport®) 7ª Edição).

A
A hipotensão em doentes traumatizados deve ser considerada como hipovolemia até prova em contrário.
B
Quando o volume sanguíneo está diminuído, a perfusão cerebral pode estar criticamente prejudicada.
C
Um doente traumatizado com pele de coloração rósea, especialmente na face e extremidades, raramente está criticamente hipovolêmico.
D
Pulso rápido e arrítmico é habitualmente um sinal de baixa perfusão e hipovolemia do tecido cerebral.
E
Crianças costumam ter uma reserva fisiológica exuberante e frequentemente demonstram poucos sinais de hipovolemia, mesmo com perdas volêmicas significantes.
A Resolução CFM nº 1480/97, após definir os critérios para diagnóstico de morte encefálica, determina, para a faixa etária indicada à esquerda, o seguinte intervalo mínimo entre duas avaliações clínicas:
Em relação às artrites bacterianas, é correto afirmar:
Menino, 10 anos de idade, apresenta queixa de 3 meses de dor em coxa e joelho esquerdo, queda do estado geral e perda de peso. Ao exame clínico, há aumento de volume doloroso em terço distal de coxa, claudicação e limitação de mobilidade do joelho. Os exames de imagem mostram lesão lítica/permeativa metafiso-diafisária de fêmur, sem limites precisos, com reação periosteal, erosão de cortical e invasão de partes moles. A análise histológica de biópsia cirúrgica óssea mostra padrão uniforme de células pequenas, redondas, com núcleos arredondados e pouco estroma. Qual dos diagnósticos abaixo é o mais provável para essa situação?
Os antídotos para acetaminofen, inseticidas organofosforados, sulfato ferroso e benzodiazepínicos são, respectivamente:
Compartilhar