Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Trauma

No atendimento primário ao queimado:

A
O oxigênio a 100% é indicado para todos os casos de pacientes com queimaduras de 30% ou mais.
B
a fórmula Ringer Lactato 2 a 4 ml x Peso em Kg x % de S.C.Q. (Superfície Corpo Queimada) é a de consenso para reposição hídrica.
C
a morfina é a “pedra fundamental” no controle da dor severa do queimado, devendo ser substituída em pacientes depressivos.
D
os pacientes com queimaduras de 2º grau em até 30% de S.C.Q. podem ter tratamento ambulatorial.
As cardiopatias congênitas podem ser classificadas em acianogênicas e cianogênicas, e subdivididas, de acordo com o fluxo pulmonar em hiper, normo e hipofluxo pulmonar. Qual das alternativas abaixo contém apenas cardiopatias de hipofluxo pulmonar?
Anatomicamente o fígado é dividido pelo ligamento falciforme em lobos direito e esquerdo, enquanto que funcionalmente ele é dividido em fígado direito e esquerdo transversalmente pelos ramos portais e longitudinalmente pelas veias hepáticas. Dado estes conhecimentos responda as seguintes questões:
LHSV, 31 anos, masculino, pardo. Queixava-se a um mês de edema progressivo nos membros inferiores, associado à dor e limitação funcional. Vem fazendo uso de anti-inflamatório e diurético, porém evoluindo com intensificação do quadro álgico e comprometimento também de membros superiores, chegando a ter que retirar a aliança. Procurou Serviço de Urgência, sendo examinado: paciente lúcido, orientado no tempo e no espaço, normocorado e hidratado Tax: 37ºC; PA: 135x85 mmHg, Pulso radial: 92 bpm; Ausculta cardíaca e pulmonar sem alterações; exame do Abdome sem alterações. Infiltração cutânea na face e pavilhões auriculares (E>D); madarose. Edema (2+/4) com discreto eritema nos antebraços; edema/eritema nos dedos das mãos, com dor à palpação e mobilização ativa e passiva, nervos cubitais espessados (D>E), dolorosos à palpação. Edema depressível nas pernas e pés; nódulos e pápulas (de 3 a 1 cm), recobertos por pele normal, nas pernas. Hipoestesia nos antebraços e mãos e anestesia nas pernas. A etiologia do quadro neurológico deve ser:
Uma paciente de 35 anos encontra-se em pós-operatório imediato de laparotomia por abdômen agudo perfurativo iatrigênico durante um procedimento urológico, com laceração do cólon ascendente e peritonite fecal, tendo sido realizada lavagem peritoneal exaustiva e colostomia no ato cirúrgico. Na UTI evoluiu com comprometimento do estado geral, temperatura axilar: 35,3°, pulso: 100bpm rítmico, PA: 80x35 mmHg, frequência respiratória 23 rpm, perfusão periférica ruim, coração sem sopros, pulmões limpos à ausculta, abdômen distendido com ruídos hidroaéreos diminuídos. O Rx de tórax no leito revelou apenas elevação de cúpulas. O ECG mostrou taquicardia sinusal. Laboratório: Hb:11g/dl, Htc: 33%, Leucócitos:15.000/ml (85% neutrófilos), plaquetas 120.000, creatinina: 1.0 mg/dl, K:3,7 mEq, TGO, TGP e Tempo de Protrombina normais. O ecocardiograma demonstrou função contrátil ventricular esquerda hiperdinâmica sem lesões valvares. Feita coleta de hemoculturas. Qual das alternativas abaixo é a correta a respeito desse caso?
Compartilhar