Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Infectologia

No Brasil, os trabalhos têm mostrado que o principal agente responsável pelos casos de Endocardite Infecciosa é:

A
Enterococos.
B
Cândida albicans.
C
Staphylococcus aureus.
D
Proteus.
E
Streptococcus viridans.
Na anemia falciforme:
Recém-nascido pré-termo, apgar de 9 no 1º min e 10 no 5º min, desenvolve taquipneia com 3 horas de vida. Ao exame taquipneico, sem tiragem, FR de 98 inc/mim, saturação de O2: 98%, em ar ambiente. RX de tórax mostra infiltrado linear a partir dos hilos, silhueta cardíaca normal. O diagnóstico mais provável é:
Ao realizar atendimento em uma sala de parto, nasce uma criança com peso estimado em 3,5 kg, banhada em mecônio, hipotônica, cianótica e em apneia. Após visualização da traqueia e aspiração do mecônio pela cânula por duas vezes, o paciente recebe ventilação com ambu e cânula com oxigênio a 100%. A criança permanece bradicárdica (FC < 60 bpm), cianótica e em apneia. É iniciada massagem cardíaca, enquanto se oxigena. Após 30 segundos, ela permanece em assistolia e é medicada com adrenalina endovenosa no total de 3 doses com intervalos de 5 minutos entre as doses. Após a terceira dose, a criança permanece sem apresentar nenhuma resposta. Qual a conduta a ser tomada a seguir? (FLEISHER, Ludwig. Textbook of pediatric emergency medicine)
Paciente jovem hipertenso, apresenta episódios de crises hipertensivas graves e catecolaminas aumentadas. Entre as opções abaixo, assinale aquela que refere o diagnóstico provável:
Compartilhar