Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

No choque séptico, as manifestações clínicas são o resultado de uma resposta excessiva do hospedeiro a agentes infecciosos, caracterizada pela produção de mediadores humorais pró-inflamatórios que incluem citocinas, sistema de complemento, coagulação e fibrinolítico. No perfil hemodinâmico do choque séptico, podemos encontrar:

A
débito cardíaco normal ou elevado; resistência vascular sistêmica diminuída.
B
débito cardíaco diminuído; resistência vascular sistêmica normal ou elevada.
C
débito cardíaco normal ou elevado; resistência vascular sistêmica elevada.
D
débito cardíaco elevado; resistência vascular sistêmica normal.
E
débito cardíaco diminuído; resistência vascular sistêmica diminuída.
Com respeito ao etilismo, assinale a alternativa CORRETA:
Associe o envolvimento renal com as doenças em questão: 1. Mulher com rash em borboleta, FAN positivo e síndrome nefrótica. PA = 110 x 60. 2. Homem de 54 anos, com sinusites de repetição, esclerite e proteinúria de 1,2 g/L em 24h. C3 e C4 são normais. 3. Criança de 12 anos com rash purpúrico em membros inferiores após vacinação por rubéola. Hematúria microscópica e dor abdominal. 4. Mulher com FAN positivo, creatinina de 2,9 mg/dl, PA de 190 x 110 mmHg e hematúria. 5. Homem de 50 anos que teve um episódio anterior de mononeurite multiplex ficando com a mão direita em garra. PA de 220 x 110 mmHg. Parcial de urina e creatinina normais. A- Poliarterite nodosa, B- Granulomatose de Wegener, C- Lúpus com glomerulonefrite classe V da OMS, D- Lúpus com glomerulonefrite classe IV da OMS, E- Púrpura de Henoch-Schönlein.
Em relação à artrite reumatoide, assinale a alternativa INCORRETA:
Um paciente de 65 anos, diagnosticado recentemente com artrite reumatoide, consulta por anemia de 6 meses de evolução. O hemograma mostra um Hb: 8.5 g/dl; VCM: 68 fl; leucócitos 7.250; plaquetas: 230.000/mm³; ferro 32 mcg/dl (N 50-150); ferritina: 500 ng/dl (N 20-250). Qual poderia ser a hipótese MAIS APROPRIADA para esta anemia?
Compartilhar