Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

No choque séptico, as manifestações clínicas são o resultado de uma resposta excessiva do hospedeiro a agentes infecciosos, caracterizada pela produção de mediadores humorais pró-inflamatórios que incluem citocinas, sistema de complemento, coagulação e fibrinolítico. No perfil hemodinâmico do choque séptico, podemos encontrar:

A
débito cardíaco normal ou elevado; resistência vascular sistêmica diminuída.
B
débito cardíaco diminuído; resistência vascular sistêmica normal ou elevada.
C
débito cardíaco normal ou elevado; resistência vascular sistêmica elevada.
D
débito cardíaco elevado; resistência vascular sistêmica normal.
E
débito cardíaco diminuído; resistência vascular sistêmica diminuída.
No atendimento da vítima de violência sexual com traumatismo genital deve-se oferecer profilaxia para as DSTs, exceto:
Helen, seis meses, é internada por causa de uma fratura de fêmur. Tem tíbia e fêmur arqueados, macrocefalia e escleras azuladas. O diagnóstico mais provável de Helen é:
Drª Rebeca recebe no seu ambulatório de pré-natal de alto risco a paciente Rosa, de 33 anos, portadora de lúpus eritematoso sistêmico, com idade gestacional de 20 semanas, Gesta IV/0, III abortos espontâneos. Ela trouxe resultados de exames que revelaram a presença de anticorpos antiSSA/RO e antiSSB/LA. O feto de Rosa poderá apresentar as alterações de:
A presença do marcador de Hepatite Anti-HCV+ tem como significado imunológico correspondente à:
Compartilhar