Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

No início da gravidez, frequentemente detectam-se os seguintes sinais: amolecimento do istmo, preenchimento dos fundos de saco vaginais, assimetria uterina e lanugem facial. Pela ordem, o nome desses sinais é:

A
Hegar, Osiander, Noble-Budin e Halban.
B
Hegar, Piscaschek, Osiander e Halban.
C
Osiander, Hegar, Noble-Budin e Halban.
D
Hegar, Noble-Budin, Piscaschek e Halban.
E
Halban, Noble-Budin, Osiander e Piscaschek.
Paciente, 6 anos de idade, apresenta menarca há 5 meses. Ao exame físico, observa-se estadiamento de Tanner: M3 e P2. Dos exames relacionados, é desnecessário, na investigação:
Primípara, amamentando recém-nascido saudável, no terceiro dia pós-parto, sente-se fadigada, sem sono, chora fácil, questionando a sua capacidade de poder nutrir o recém-nascido e medo de não ficar atrativa para o marido. Está se alimentando bem e gosta muito do bebê. Diante desse quadro, o diagnóstico provável é de:
Mulher, 34 anos de idade e companheiro de 38 anos de idade, com infertilidade conjugal há 5 anos. Propedêutica feminina normal, e espermograma em 2 amostras com oligoastenozoospermia e com 8.000.000 de espermatozoides recuperados após capacitação. O tratamento desse casal é:
Luís, 5 anos, apresenta história de diarreia crônica intercalada com períodos de constipação, acompanhados de distensão abdominal, dor abdominal crônica e baixa estatura. Foi tratado para anemia ferropriva, sem sucesso por várias vezes. Apresenta, ainda, no exame físico, hipoplasia do esmalte dentário. A hipótese diagnóstica mais provável é:
Compartilhar