Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia Pediátrica

No paciente pediátrico portador de anomalia de rotação intestinal, o diagnóstico pode ser feito:

A
definitivamente com estudo radiológico para rotina de abdome agudo.
B
unicamente com avaliação clínica por distensão abdominal e vômitos alimentares.
C
definitivamente com o enema opaco.
D
definitivamente com a seriografia esôfago-estômago-duodeno.
E
unicamente com ecografia abdominal total.
Uma gestante em trabalho de parto, com dilatação de 6 cm é submetida a cesárea, pois observa-se taquicardia fetal e líquido amniótico tinto por mecônio. Recém-nascido (RN) com tônus normal, chorando, frequência cardíaca de 142 bpm, mas com cianose de extremidades e pele tinta pelo mecônio. O pediatra em sala de parto deve:
Um grupo de pessoas apresentou quadro de diarreia aquosa, náuseas, vômitos e dor abdominal em cólica duas horas após participarem de um evento onde foram servidos hambúrgueres, salada e maionese. O agente etiológico mais provável é:
Paciente de 30 anos de idade, portador de hérnia inguinal é internado no dia 01/12 para tratamento cirúrgico de hérnia inguinal. No dia da cirurgia é realizada tricotomia na região inguinal e encaminhado ao centro cirúrgico, porém a cirurgia é suspensa por falta de água e remarcada para o dia 04/12. A operação é realizada em 2 horas e o fio usado para reforço ou fechamento da aponeurose foi polipropileno. Não foi usado antibiótico profilático. No 5º PO desenvolveu infecção de sítio cirúrgico superficial. Qual dos fatores abaixo relacionados NÃO contribuiu para o desenvolvimento da infecção.
Paciente submetida à colecistectomia videolaparoscópica, na qual houve perfuração acidental da vesícula e extravasamento de bile na cavidade. A cavidade foi lavada com soro fisiológico. No pós-operatório, queixa-se de dor de forte intensidade no ombro direito. A causa mais provável da dor é:
Compartilhar