Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia Pediátrica

No paciente pediátrico portador de anomalia de rotação intestinal, o diagnóstico pode ser feito:

A
definitivamente com estudo radiológico para rotina de abdome agudo.
B
unicamente com avaliação clínica por distensão abdominal e vômitos alimentares.
C
definitivamente com o enema opaco.
D
definitivamente com a seriografia esôfago-estômago-duodeno.
E
unicamente com ecografia abdominal total.
A.S.D., 55 anos, sexo feminino, queixa-se de desconforto em membros inferiores, com sensação de peso, queimação e prurido cutâneo. Os sintomas são exacerbados no período vespertino e/ou após longo período em posição ortostática. Refere hipertensão arterial sistêmica e dislipidemia. Apresenta índice de massa corporal de 34 kg/m². Ao exame dos membros inferiores, notam-se diversas veias reticulares e telangectasias em região poplítea e coxa, bilateralmente. A respeito desse caso, é correto afirmar:
Uma criança de 3 anos de idade foi trazida ao pronto-socorro infantil, pois ao chorar, mãe percebeu que seu olho direito não ocluía completamente e a rima labial desviava para esquerda. Ao exame de otoscopia, apresentava abaulamento e hiperemia de membrana timpânica direita. Qual a conduta mais adequada para esse caso, além dos cuidados oculares:
A criptorquidia é um fator influente quanto à ocorrência de neoplasia testicular do homem jovem. Em quantas vezes o risco de ocorrência é elevado pela presença dessa alteração?
Em relação à linfa e ao linfoedema, assinale a afirmativa INCORRETA.
Compartilhar