Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

No plantão, apresenta-se um homem de 70 anos com queixas de polaciúria, hesitação, gotejamento terminal, com exames que confirmam perda acentuada da função renal: Ureia de 290 mg/dl; creatinina de 12 mg/dl; exame de urina evidenciando discreta leucocitúria e baixa densidade; gasometria mostrando acidose metabólica, hemograma evidenciando anemia normo-normo, níveis de potássio elevados diagnosticando falência renal. O próximo exame a ser solicitado para tentar avaliar etiologia da insuficiência renal para instituir o tratamento correto é:

A
urografia excretora.
B
ultrassonografia de rins e vias urinárias.
C
ressonância magnética de rins e vias urinárias com gadolíneo.
D
biópsia renal.
E
tomografia de rins e vias urinárias com contraste.
Criança de 3 anos, trazida com história de febre, queda do estado geral e dor em membro inferior esquerdo com incapacidade de deambulação há 4 dias. Ao exame: temperatura axilar de 38,5ºC, dor intensa e impotência funcional em quadril, com atitude em flexão e palpação dolorosa de pontos articulares do quadril. O hemograma é infeccioso e a radiografia do quadril é normal. Considerando o diagnóstico mais provável, qual das condutas abaixo é mais apropriada?
A associação correta entre o comprometimento radicular lombar e os sinais clínicos é:
Quanto a efeitos dos psicofármacos, constata-se que:
Cerca de 75% das crianças apresentam um episódio de otite média aguda no primeiro ano de vida. O uso racional de antimicrobianos tem reduzido a prescrição de antibiótico em casos selecionados. O tratamento atual da otite média aguda em crianças preconiza o seguinte:
Compartilhar