Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

No próximo item, é apresentada uma situação clínica hipotética envolvendo a interface da pediatria com a cirurgia pediátrica, seguida de uma assertiva a ser julgada. Uma criança do sexo masculino, com 6 meses de vida, foi admitida em um hospital com infecção urinária de repetição. Ao exame físico, observou-se um abdome em forma de ameixa e massas em topografia de rins. Uma uretrocistografia miccional mostrou volumosa hidronefrose, com dilatação pielocalicial e megaureter bilateral. Nessa situação, o diagnóstico clínico é de síndrome de Prune Belly e o diagnóstico radiológico é de refluxo vesicoureteral de grau IV.

A
CERTO
B
ERRADO
Mulher de 68 anos de idade chega ao pronto socorro com dor insuportável em olho direito e náuseas. Refere que a dor teve início de forma súbita há 3 horas, sendo acompanhada por baixa de acuidade visual e olho vermelho. Nega doenças oculares prévias, além da hipermetropia. Refere ser diabética e hipertensa com controle irregular, e que iniciou recentemente tratamento para depressão com nortriptilina. À inspeção, observa-se o quadro a seguir. Qual alternativa apresenta uma característica clínica e um fator de risco associados à principal hipótese diagnóstica para o caso?
Sobre a litíase renal/ureteral, considere as assertivas abaixo, utilizando V para Verdadeiro e F para Falso: ( ) Os episódios agudos relacionados à urolitíase geralmente refletem obstrução, infecção ou ambos.; ( ) Quando o ureter é obstruído por um cálculo, a pressão no sistema coletor proximal sobe e, com distensão progressiva, o paciente experimenta dor significativa e sintomas viscerais, incluindo náuseas, vômitos e íleo paralítico.; ( ) Se o doente estiver livre de sinais de infecção (com base no exame de urina e ausência de calafrios, febre e leucocitose), pode ser tratado ambulatorialmente, desde que possa hidratar oralmente, a dor é adequadamente controlada por analgésicos orais. A sequência CORRETA é:
Paciente do sexo feminino, 33 anos, professora desde os 18 anos, comparece ao ambulatório de otorrinolaringologia com queixa de disfonia progressiva há cerca de 10 meses. Refere que a disfonia se agrava no final do dia, após o turno de trabalho. Nega álcool e tabagismo. Frente a esse caso, qual a principal hipótese diagnóstica?
Sobre o Tumor de Wilms é correto afirmar que:
Compartilhar