Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

No que se refere à avaliação diagnóstica de crianças com Refluxo Gastresofágico ou Doença de Refluxo Gastresofágico considere as recomendações abaixo. I - Na maioria dos casos, a história e o exame físico são suficientes para o diagnóstico e o tratamento do Refluxo Gastresofágico. II - O raio X contrastado de esôfago e duodeno tem alta sensibilidade e especificidade para o diagnóstico de refluxo Gastresofágico. III - A monitoração esofágica do pH é um método válido e eficaz para o diagnóstico de refluxo ácido. Quais estão corretas?

A
Apenas I.
B
Apenas II.
C
Apenas III.
D
Apenas I e III.
E
I, II e III.
Paciente do sexo feminino com 21 anos de idade e história de nódulo em lobo direito da glândula tireoide medindo 0,9cm teve como diagnostico citologico lesão ou padrão folicular. Qual a melhor conduta?
A conduta atual para o paciente do caso anterior é:
Assinale a principal causa de insuficiência renal aguda parenquimatosa.
Fisioterapeuta de 35 anos de idade, branco, casado. Realizou exames laboratoriais para admissão em concurso público. Assintomático. Exames complementares hemograma, glicemia, ureia, gama glutamiltranspeptidade, fosfatase alcalina e aminotransferases normais. Exame físico nada digno de nota. Encaminhado ao gastroenterologista por apresentar como perfil viral HBsAg (+); Anti-HBc IgM (-); Anti-HBc IgG (+); Anti-HBs (-); HBeAg (+); Anti-HBe (-). O perfil viral deste paciente sugere:
Compartilhar