Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Trauma

No sangramento abundante das lesões hepáticas grau V, podemos empregar uma manobra na tentativa de controlar ou diminuir a perda sanguínea do paciente. Essa manobra é executada colocando-se uma pinça vascular delicada através do forame de Winslow em direção à margem do ligamento hepatoduodenal. A denominação é dessa manobra é: (Referência: GAMA RODRIGUES, J. J.; MACHADO, M. C. C.; RASSLAN, S. - Clínica Cirúrgica FMUSP. Editora Manole 2008).

A
Manobra de Winslow
B
Manobra de Pringle
C
Manobra de Blunth
D
Manobra de Netter
E
Manobra de Mac-Vay
Diante de um achado mamográfico de lesão não palpável classificada como BIRADS-3, a conduta mais recomendada é:
Na doença de Parkinson, qual é, respectivamente, a principal de?ciência neuroquímica encontrada e em qual via anatômica acontece a sua de?ciência?
Analise as a?rmativas a seguir: I. A cardiomiopatia dilatada se caracteriza por dilatação e diminuição da contratilidade do ventrículo esquerdo ou ambos os ventrículos e cursa com sinais e sintomas de insu?ciência cardíaca. II. A cardiomiopatia restritiva se caracteriza principalmente pelo comprometimento da função diastólica e tem como etiologias principais a amiloidose e a endomiocardio?brose. III. A cardiomiopatia hipertró?ca se caracteriza por hipertro?a ventricular frequentemente assimétrica e, quando sintomática, pode cursar com angina do peito, fadiga, síncope e palpitações. IV. A doença de Chagas crônica, cujo agente etiológico é o Trypanosoma cruzi, cursa em 60% dos pacientes com a forma cardíaca que se caracteriza pela presença de sintomas de Insu?ciência Cardíaca, eletrocardiograma alterado e radiogra?a de tórax com cardiomegalia. Assinale a alternativa correta.
Nos cistos de colédoco tipo III, segundo a classificação de Todani, o procedimento cirúrgico indicado é:
Compartilhar