Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

No sofrimento fetal crônico obstrutivo, o concepto desencadeia mecanismo de defesa que possibilita sua sobrevivência por períodos moderadamente longos. O conhecimento desses mecanismos possibilita ao obstetra através da propedêutica fetal, traçar condutas adequadas. Assinale a sequência correta do agravamento da pO2 fetal.

A
Redução do crescimento fetal/ redução do fluxo artéria umbilical/ centralização do fluxo fetal/ diástole zero e alteração do fluxo do ducto venoso.
B
Redução do fluxo da artéria umbilical/ redução do crescimento fetal/ centralização do fluxo fetal/ alteração do fluxo do ducto venoso/ diástole zero.
C
Redução do fluxo da artéria umbilical/ redução do crescimento fetal/ alteração do fluxo do ducto venoso/ centralização do fluxo fetal/ diástole zero.
D
Alteração da cardiotocografia/ alteração do fluxo da artéria umbilical/ centralização do fluxo fetal/ alteração do fluxo do ducto venoso/ diástole zero.
E
Alteração do fluxo da artéria e da veia umbilical/ centralização do fluxo fetal/ alteração da cardiotocografia/ diástole zero/ alteração do fluxo do ducto venoso.
A imaturidade cerebral característica do prematuro o predispõe a crises convulsivas no período neonatal. A manifestação clínica mais frequente nessa faixa etária é:
Nos casos de convulsão febril, marque V, para verdadeiro, ou F, para falso, para quando está indicada a punção lombar. ( ) Idade < 12 meses. ( ) Sinais e sintomas meníngeos. ( ) Estado clínico geral acometido, coma e letargia. ( ) Ausência de etiologia definida para febre. A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:
Em qual das patologias abaixo deve ser indicada cirurgia pelo risco de malignização?
O Teste do Pezinho para Triagem Neonatal preconizado pelo Ministério da Saúde verifica a existência das seguintes doenças:
Compartilhar