Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Cardiologia

No tratamento atual do DM2 as seguintes afirmações são verdadeiras com exceção de :

A
O Diabetes Mellitus do Tipo 2 é uma doença homogênea e os pacientes apresentam uma grande semelhança em relação aos graus de resistência a ação da insulina e de comprometimento da função da célula beta de modo que o seu tratamento é o mesmo para maioria dos pacientes.
B
As drogas sensibilizadoras da ação da insulina podem ser as de primeira escolha, pois 90% dos DM 2 ao diagnóstico são obesos e apresentam resistência a ação da insulina
C
Existe uma perda progressiva da função da célula beta pancreática e secretagogos de insulina devem ser acrescentados ao tratamento durante a sua história natural quando frequentemente passam a necessitar de insulina exógena
D
A hipertensão arterial, a dislipidemia e as alterações na coagulabilidade sanguínea, quando presentes, devem ser abordadas com o mesmo grau de importância que a hiperglicemia na doença macrovascular
E
O controle da glicemia continua sendo o mais importante pois todas as complicações microvasculares dependem da hiperglicemia crônica.
Uveíte anterior, não granulomatosa, aguda, é relacionada mais comumente a:
Paciente de 23 anos é admitido no PS com queixa de enterorragia há 1 hora. Relata dois episódios de hemorragia digestiva anteriores com parada espontânea do sangramento. Ao exame apresenta-se hipotenso, taquicárdico e descorado, mas após reposição volêmica adequada fica hemodinamicamente normal. A endoscopia digestiva alta e a colonoscopia não mostram lesões, apenas restos hemáticos no cólon. Realizou mapeamento com Tecnécio que mostrou captação anômala em topografia de flanco direito. Optado pelo tratamento operatório, a cirurgia de eleição é:
Lactente de 10 meses é levado a um Hospital pela mãe que refere que a criança estava dormindo em uma cama encostada à parede e, ao se virar, bateu a cabeça e desenvolveu um “galo”. Nega vômitos ou perda de consciência. Ao exame físico, apresenta grande hematoma em região temporal esquerda. O exame neurológico e o restante do exame físico são normais e a criança permanece alerta, porém, muito agitada. Raio-X de crânio com fratura temporal esquerda linear e tomografia de crânio sem sinais de lesões intracranianas. A respeito desse caso, assinale a alternativa correta:
Um paciente do sexo masculino, de 5 anos, chega claudicando no pronto-socorro com uma história de dor em quadril esquerdo que se irradia para o joelho esquerdo há 2 dias. Mãe relata quadro de faringite viral duas semanas antes que se resolveu sem medicação. Ao exame físico, apresenta-se com o quadril esquerdo abduzido e flexionado, com dor à movimentação passiva. A velocidade de hemossedimentação é de 28 mm/h. O diagnóstico mais provável é:
Compartilhar