Questões na prática

Clínica Médica

Hepatologia

No tratamento cirúrgico do íleo biliar, a enterotomia para retirada do cálculo biliar que está causando a obstrução intestinal deve ser realizada:

A
No ceco, após expressão distal do cálculo.
B
No íleo terminal em intestino sadio, próximo ao local da obstrução.
C
No íleo terminal, sobre o local de impactação do cálculo.
D
No jejuno, após expressão proximal do cálculo.
E
Na válvula ileocecal, onde está impactado o cálculo.
O sinal clínico que mais diferencia o linfedema do lipedema (lipodistrofia) de membros inferiores é:
Internada com pneumonia necrotizante, lactente de 10 meses apresenta atraso de desenvolvimento psicomotor e hiperreflexia generalizada. O hemograma mostrou anemia e plaquetopenia. A história patológica pregressa revela internações por pneumonia e sepse bacteriana. Considerando que a principal hipótese diagnóstica seja infecção pelo HIV, o tipo de teste necessário para confirmá-la é:
Lactente, 3 meses de idade, pesando 5 kg, portadora de síndrome de Down (trissomia 21), é atendido no UBS. HMA: a mãe relata que a criança está com falta de ar. Ela conta que o bebê sempre teve falta de ar, principalmente quando mama, mas que piorou há 2 dias. Ela nega febre, tosse, coriza ou outros sintomas. EF: as vias aéreas estão pérvias, mas ela respira com dificuldade, com FR: 66 irpm. As mucosas estão rosadas. Há batimento de aleta nasal, retrações intercostais e subcostais e gemência. A ausculta respiratória revela murmúrio vesicular simétrico com estertores subcrepitantes em todos os campos pulmonares. O ritmo cardíaco é regular, sem sopros, com FC: 168 bpm, PA: 75 x 42 (59) mmHg, pulsos periféricos e centrais amplos, tempo de enchimento capilar de 2 segundos, SaO2 95% em ar ambiente. O fígado palpável a 5 cm do rebordo costal direito na linha hemiclavicular direita. O diagnóstico mais provável é:
Menina com dois anos de idade, com queixa de dor e perda de força no membro superior direito há uma hora. Mãe refere que a criança ia cair e ela a segurou pelo antebraço. Ao exame, o antebraço se encontra em extensão e pronado. A conduta recomendada é redução:
Compartilhar