Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Trauma

No tratamento da sepse grave/choque séptico (SG/CS), assinale a alternativa correta. (PAM = pressão arterial média, SvcO2 = saturação venosa central de oxigênio)

A
A administração de antibióticos apropriados deve ser feita até 6 horas após a identificação da SG/CS.
B
A administração de hidrocortisona na dose de 50 mg IV a cada 6 h está indicada se a SvcO2 não atingir pelo menos 70%, independentemente da PAM ou do uso de drogas vasoativas.
C
A administração de droga vasoativa está indicada se a PAM não se estabilizar acima de 70 mmHg após a reposição de pelo menos 2 L de cristaloide.
D
Dobutamina está indicada para aumentar o débito cardíaco desde a fase inicial da ressuscitação hemodinâmica.
E
Norepinefrina deve ser reservada para os choques refratários, quando a dopamina não for suficiente para reverter a hipotensão arterial.
“Tontura é um sintoma comum e muitas vezes aflitivo. Os pacientes usam o termo para descrever vários sintomas, inclusive os que parecem apropriados em termos semânticos (p. ex.: "cabeça leve", desmaio, sensação de rodopio, aturdimento) e outros enganosamente impróprios, como confusão mental, visão turva, cefaleia e formigamento. Além disso, alguns indivíduos com distúrbios da marcha causados por neuropatia periférica, mielopatia, espasticidade, parkinsonismo ou ataxia cerebelar queixam-se de "tontura", apesar de não haver vertigem ou outra sensação cefálica anormal. (...) Assim, anamnese detalhada é essencial para determinar exatamente que o que o paciente sente quando afirma: "Doutor, estou tonto". (...) Em termos práticos, ao fim da anamnese, a tontura pode ser classificada em três categorias: (1) desmaio, (2) vertigem e (3) outras sensações cefálicas. Enquanto médicos, nos deparamos com frequência com pacientes com queixa de “tontura” e, de nosso cuidado na coleta da história e no exame, dependem o adequado delineamento que daremos ao caso. Sobre o tema VERTIGEM, são feitas abaixo algumas afirmações. Assinale dentre elas apenas a INCORRETA:
Gestante com pré-natal sem intercorrências, saudável, jovem, com gestação a termo, dá entrada na maternidade com dor abdominal e sangramento vaginal, com o diagnóstico de descolamento de placenta e indicação imediata de cesárea. O bebê nasceu com frequência cardíaca de 60 bpm, muito largado, respiração lenta e irregular, nenhuma resposta à aspiração das narinas e cianótico. Após ser aspirado e ventilado com máscara e bolsa, se apresenta, com 5 minutos de vida, com frequência cardíaca de 120 bpm, respiração lenta e irregular, alguma flexão das extremidades, fazendo careta à aspiração das narinas, com corpo róseo e extremidades cianóticas. A avaliação do índice de Apgar ao nascimento e a conduta a ser tomada, respectivamente, são:
Criança com 5 anos de idade, sofre queda de escada enquanto corria. Em horas apresenta progressivamente hemiparesia direita, letargia e afasia. Identifique o(s) provável(eis) fator(es) etiológico(s) para o seu déficit. 1- Trombose da artéria carótida interna. 2- Aneurisma dissecante da artéria carótida. 3- Êmbolo séptico de origem cardíaca. 4- Abscesso retrofaríngeo. É(São) fator(es) etiológico(s):
Assinale a alternativa que apresenta os critérios de exclusão entre os critérios utilizados para identificar as Dores de Crescimento (DCs).
Compartilhar