Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

No último verão vivemos uma grave epidemia de dengue que assolou a capital do nosso estado (Rio de Janeiro), sendo as principais vítimas as crianças, que são mais suscetíveis. Responda as questões a seguir de acordo com as afirmações abaixo: I- O vírus da dengue é um vírus RNA, gênero flavovírus, família flaviviradae. II- Existem 4 sorotipos identificados: DENV- 1; DENV- 2; DENV- 3 e DENV- 4 e todos os sorotipos podem causar doença grave. III- Na febre hemorrágica da dengue pode se observar um aumento do hematócrito em 20% ou mais. IV- Ao realizar prova do laço em crianças se considera positivo se contar um número de petéquias maior que 10 em um quadrado de 2,5 cm de lado.

A
Se todas as afirmativas forem corretas.
B
Se todas as afirmativas forem erradas.
C
Se apenas uma afirmativa estiver correta.
D
Se apenas uma afirmativa estiver errada.
Lactente de dois meses chega ao ambulatório para atendimento e a mãe relata ter notado que a criança não reage aos ruídos. Na história gestacional e do parto, vimos que nasceu de parto vaginal, a termo, e foi pequeno para idade gestacional. O teste da orelhinha foi anormal e o reflexo vermelho está ausente unilateralmente. O perímetro cefálico está abaixo do percentil 5. Ao exame, encontramos sopro sistólico 2+/6 em bordo esternal esquerdo alto. Diante do diagnóstico mais provável, a conduta é:
O predomínio de depósitos glomerulares de IgA em imunofluorescência de biópsia renal está associado à:
A cicatrização das feridas apresenta três fases importantes. Na evolução cronológica destas fases há o aparecimento de diferentes tipos de células na ferida durante a cicatrização. Qual das respostas abaixo correlaciona corretamente a fase com o número de determinada célula?
Um homem diabético insulinodependente procura seu consultório devido à anemia microcítica e hipocrômica, com saturação da transferrina e ferritina baixas. Dentre os inúmeros exames que portava, destacam-se a presença de anticorpos contra endomíseo, gliadina e peroxidase da tireoide. Dentre as citadas, a melhor conduta para definição diagnóstica seria:
Compartilhar