Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Hematologia

Numa criança do sexo masculino, nascida de parto vaginal cefálico, estável, com 20 horas de vida foi observada icterícia zona III. A mãe é do grupo sanguíneo A Rh positivo, Coombs Indireto negativo. RN grupo sanguíneo O Rh negativo, Coombs Direto negativo, anemia leve com policromasia, esferócitos +++, reticulócitos 4%, leucócitos 7400 mm³ com contagem diferencial normal. Bilirrubinemia total = 16,7 mg/dl, direta = 0,3 mg/dl, indireta = 16,4 mg/dl. Qual a principal hipótese diagnóstica?

A
Talassemia maior.
B
Esferocitose hereditária.
C
Incompatibilidade materno fetal ABO.
D
Incompatibilidade materno fetal Rh.
E
Icterícia por aleitamento materno.
São características hemodinâmicas do choque cardiogênico:
O reparo de feridas é o esforço dos tecidos para restaurar a função e a estrutura normais após o trauma. A esse respeito, a sequência correta nas fases da cicatrização é:
Qual a interpretação para uma criança que apresenta o seguinte padrão sorológico para hepatite B: HBsAg negativo; HBeAg negativo; anti-HBcIgM negativo; anti-HBe negativo e anti-HBs positivo?
Uma criança apresenta exantema eritematoso puntiforme, palidez perioral e linhas nas dobras de flexão, com posterior descamação extensa. Esses achados são característicos do diagnóstico de:
Compartilhar