Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

O abdome agudo perfurativo é fortemente sugerido pela presença de:

A
Náuseas, vômitos e alças intestinais “em pilha de moedas”.
B
Dor abdominal em cólica e parada de eliminação de gazes e fezes.
C
Dor abdominal mal definida e choque hipovolêmico.
D
Dor abdominal difusa e “silêncio abdominal”.
E
Abdome “em tábua” e pneumoperitôneo.
Mãe refere que seu filho apresenta obstrução nasal, prurido nasal e espirros recorrentes há 3 meses. Traz os seguintes exames: hemograma normal, IgE sérico total normal, teste cutâneo negativo para os principais inalantes, citológico nasal com células epiteliais e protoparasitológico negativo. O principal diagnóstico será de rinite:
Em recém-nascidos e lactentes com leucocoria, os seguintes diagnósticos diferenciais que NÃO devem ser considerados:
Criança de 2 anos de idade, proveniente de abrigo, cujos dados de pré-natal e parto são desconhecidos, apresenta retardo de desenvolvimento neuropsicomotor. A acompanhante acha que a criança não enxerga. Ao exame, nota-se que ela não consegue fixar e seguir objetos, inclusive os sonoros, e apresenta alterações ósseas e dentárias (dentes de Hutchinson). Qual o achado mais provável no fundo de olho?
No atendimento a pacientes com epistaxe severa, qual a prioridade?
Compartilhar