Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

O adenoCa gástrico envolvendo até a serosa, com acometimento em 02 linfonodos e ausência de metástases à distância, se classifica corretamente como:

A
estágio IIIb.
B
estágio IIIa.
C
estágio II.
D
estágio IV.
Na asma classi?cada como persistente moderada, o VEF1 encontra-se:
Jovem de 16 anos, GI PO, encontra-se atualmente com 19 semanas de gestação. Realizou urinocultura, que evidenciou o crescimento de mais de 100.000 colônias de Streptococcus agalactiae/ml. Durante o acompanhamento pré-natal desta paciente, deverá ser solicitado:
Menino de sete anos chega ao pronto-socorro com queixa de falta de ar. Sua mãe informa que a criança tem asma e que já foi internada duas vezes no último ano devido à gravidade das crises. Ao exame, encontra-se com sibilos difusos; FR = 32 irpm e oximetria de 92%. A melhor conduta, neste momento, é a nebulização com agonista ß2 adrenérgico e:
Criança de seis anos e cinco meses de idade convive com o pai, que após um quadro de febre vespertina por três semanas e tosse produtiva, foi diagnosticado como tuberculose pulmonar. A bacterioscopia do escarro foi positiva, o PPD foi de 17 mm, e o RX de tórax apresentava condensação com área de hipertransparência em terço superior direito, sugerindo imagem de caverna. A criança se apresentava em bom estado geral. O RX de tórax revelava condensação em terço médio direito sem área sugestiva de caverna. O resultado do PPD foi de 16 mm e a bacterioscopia do escarro foi negativa. O menor também recebeu diagnóstico de tuberculose pulmonar. As prováveis justificativas para as diferenças clínicas, radiológicas e laboratoriais entre a tuberculose pulmonar do pai e a de seu filho são, que na infância ocorre, em geral:
Compartilhar