Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Cardiologia

Hematologia

O aumento da população idosa é um fenômeno que vem ocorrendo também nos países em desenvolvimento. Uma vez que essa população frequentemente necessita de várias medicações para o tratamento das doenças crônico-degenerativas, há grande preocupação médica com os riscos de interações entre medicamentos e nutrientes em indivíduos idosos. Com base no enunciado e nos conhecimentos sobre o tema, assinale a alternativa correta.

A
O uso crônico de diuréticos no tratamento de pacientes com insuficiência cardíaca necessita ser monitorado, pois oferece risco de aparecimento de deficiência de micronutrientes, particularmente de tiamina.
B
A hipercalcemia pode ocorrer com a prescrição de cimetidina, ranitidina, corticosteroides, digoxina, codeína e vitamina D.
C
O uso crônico de medicação anti-hipertensiva, tais como beta-bloqueadores e diuréticos, pode interferir no perfil lipídico, mediante aumento do colesterol total e do LDL-colesterol e diminuição de triglicerídeos.
D
Pacientes com diabetes melito tipo 2, tratados com metformina, necessitam de cuidados em relação à deficiência de vitaminas, em particular de B6, ácido fólico e B12.
E
Atualmente, o uso de beta-bloqueador é considerado como primeira escolha no tratamento de pacientes com hipertensão arterial e síndrome metabólica.
A associação de anemia, hipercalcemia, insuficiência renal e fraturas patológicas são características de:
Você atende em uma unidade de emergência um adolescente de 16 anos de idade que fez corte na mão enquanto partia tomates num restaurante fastfood. Sua mãe, contactada por telefone, afirma que ele não é imunizado desde os 5 anos de idade, garantindo que as imunizações estavam completas até aquela idade. A escolha mais apropriada para a profilaxia contra o tétano para esse paciente é:
Lactente, internado por disfunção respiratória grave ocasionada por obstrução respiratória alta, é portador de um hemangioma que ocupa a bochecha direita e parte do mento ipsilateral. A hipótese diagnóstica mais provável é a de obstrução respiratória por hemangioma gigante. A instalação de suporte ventilatório não invasivo não logrou sucesso, e a criança encontra-se sem falência respiratória. É decisão médica proceder com urgência a entubação traqueal sob visualização direta por fibroscopia, porém há possibilidade de sangramento importante, com risco de vida, durante o procedimento. Os pais foram informados da hipótese do procedimento, do risco e da provável necessidade de transfusão sanguínea, mas, em razão de sua orientação religiosa (Testemunhas de Jeová), não desejam que a criança receba transfusão, mesmo com os riscos envolvidos. Considerando os aspectos técnicos e ético-legais, o médico deve comunicar aos pais que:
No tratamento da dor crônica, que grupo de fármacos constitui a primeira escolha para melhorar o padrão do sono?
Compartilhar