Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Neurologia

O câncer gástrico é o segundo tumor mais frequente em todo o mundo. O tratamento de escolha é a gastrectomia e o prognóstico de sobrevida é significativamente pior naqueles que têm metástases linfonodais. A linfadenectomia preconizada em nosso meio é chamada de “D2” por quê:

A
retira linfonodos próximos à segunda porção duodenal.
B
efetua a dissecção ampliada dos gânglios intercavoaórticos.
C
exige a remoção da cápsula pancreática em todos os casos.
D
remove as estações linfonodais perigástricas e extraperigástricas.
E
associa esplenectomia mesmo nos tumores do estômago distal.
O glaucoma é uma das principais causas de cegueira irreversível no Brasil. A droga hipotensora ocular que atua tanto por diminuir a secreção de humor aquoso quanto por aumentar o fluxo uveoscleral é:
Criança de 5 anos com otalgia há dez dias com tratamento irregular, evoluindo com febre persistente, otorréia e otorragia e abaulamento retroauricular instalado há dois dias. Qual a hipótese diagnóstica mais provável e a conduta adequada?
Mãe refere que seu filho apresenta obstrução nasal, prurido nasal e espirros recorrentes há 3 meses. Traz os seguintes exames: hemograma normal, IgE sérico total normal, teste cutâneo negativo para os principais inalantes, citológico nasal com células epiteliais e protoparasitológico negativo. O principal diagnóstico será de rinite:
Em recém-nascidos e lactentes com leucocoria, os seguintes diagnósticos diferenciais que NÃO devem ser considerados:
Compartilhar