Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Neurologia

O câncer gástrico é o segundo tumor mais frequente em todo o mundo. O tratamento de escolha é a gastrectomia e o prognóstico de sobrevida é significativamente pior naqueles que têm metástases linfonodais. A linfadenectomia preconizada em nosso meio é chamada de “D2” por quê:

A
retira linfonodos próximos à segunda porção duodenal.
B
efetua a dissecção ampliada dos gânglios intercavoaórticos.
C
exige a remoção da cápsula pancreática em todos os casos.
D
remove as estações linfonodais perigástricas e extraperigástricas.
E
associa esplenectomia mesmo nos tumores do estômago distal.
Um médico de família e comunidade (MFC) trabalha em área de risco na periferia de uma grande cidade, onde a violência urbana, o tráfico e o consumo de drogas são evidentes. O crack é a substância psicoativa ilícita mais utilizada. Uma adolescente e morador de rua da área faz uso regular de crack há 3 anos. Fumou a última pedra de crack há 12 horas e procurou o médico na Unidade Básica de Saúde. Qual o provável estado mental do adolescente?
O que é Hifema:
Homem de 47 anos, portador de cirrose alcoólica, dá entrada em setor de emergência com quadro de oligúria, aumento do volume abdominal e edema ascendente de MMII até a raiz da coxa e região sacral. Seu exame físico revela icterícia de escleróticas +/4, ascite tensa e edema de MMII 4+/4. Exames laboratoriais mostram leucograma normal, plaquetas = 59.000/ mm³, ureia = 90 mg%, creatinina = 1,8 mg%, bilirrubina = 3,0 mg%, INR = 2,2 e albumina = 2,5 g%. É realizada paracentese, e análise do líquido ascítico mostra celularidade = 650 células com 80% PMN e proteína total = 0,9 g% (albumina = 0,5 g%). EAS mostra cilindros hialinos, pH = 6,0, ausência de proteínas e hemácias e sódio de 9 mEq/I. Frente ao quadro clínico acima, a medida terapêutica que não está indicada, é:
Em relação à litíase das vias biliares é correto afirmar que:
Compartilhar