Questões na prática

Clínica Médica

Hepatologia

O câncer primário mais frequente do fígado é o:

A
Sarcoma.
B
Hepatocolangioma.
C
Colangiocarcinoma.
D
Linfoma das células de Kupfer.
E
Carcinoma hepatocelular.
Seu colega de plantão está na dúvida sobre a conduta em um quadro de dor testicular direita de início há 6 horas. Relatou a você que está em dúvida sobre dois aspectos do exame físico, em decúbito dorsal, o paciente refere melhora da dor quando se eleva a bolsa escrotal e que à palpação testicular não há horizontalização com epidídimo na face anterior do testículo. Qual o provável diagnóstico e uma boa escolha terapêutica?
Em relação ao Transtorno de Deficit de Atenção/Hiperatividade – TDAH, NÃO é verdadeiro:
Uma mulher de 50 anos de idade queixa-se de icterícia um ano após ter sido submetida a ressecção de tumor de Klatskin, estadio II, com reconstrução por meio de hepaticojejunostomia em Y de Roux. O anatomopatológico comprovou que as margens estavam livres de doença. Sua bilirrubina total é 8 mg/dL, com predomínio de bilirrubina direta (5,7 mg/dL). Gama-glutamil-transpeptidase (Y-GT) e fosfatase alcalina têm níveis 3 vezes acima dos valores normais. A colangiografia transparietal demonstrou dilatação de vias biliares intra-hepáticas, principalmente à esquerda, não havendo passagem de contraste para a alça jejunal. A tomografia de abdome não mostrou doença metastática. Melhor conduta:
Um menino de 5 anos apresenta hemartrose de quadril e tem o diagnóstico de hemofilia A. As alterações nos testes laboratoriais que se esperam são:
Compartilhar