Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

O clínico geral solicitou para um arquiteto de 40 anos de idade, com queixa de cefaleia intermitente, um exame de ressonância magnética que mostrou um cisto coloide no terceiro ventrículo. A complicação mais comum dessa lesão é:

A
Hemianopsia bitemporal.
B
Ataxia de marcha.
C
Atrofia óptica.
D
Oscilopsia.
E
Hidrocefalia.
Lactente de 4 meses foi levado a consulta no ambulatório porque "não sustenta a cabeça". Nasceu a termo, banhado em mecônio, após trabalho de parto de 24 horas com Índice de Apgar de 6 no 5º minuto. Ao exame, observa-se que, na posição de prono, a criança eleva a cabeça momentaneamente, apresenta semiflexão de cotovelos, pronação de antebraços, flexão de punhos e dedos; reflexo tonico-cervical assimétrico e reflexos profundos nos quatro membros exacerbados. Nessa situação, deve-se informar à mãe que seu filho se apresenta:
A principal hipótese diagnóstica para a tumoração localizada na linha média do pescoço em uma criança de 6 anos é:
Paciente na Unidade de Terapia Intensiva apresenta nível 5 na escala de sedação de Ramsay. Em qual estado ele se encontra?
Gestante, com laudo ultrassonográfico morfológico indicando cardiopatia congênita fetal, dá a luz, a RN do sexo masculino, com 35 semanas de idade gestacional, hipotônico e em apneia. A sala de partos dispõe de blender para os gases e oxímetro de pulso. RN recebeu todos os cuidados adequados e entre 120 a 180 minutos de vida encontrava-se entubado, ventilado por balão acoplado à cânula traqueal, com oxigênio a 90 %, mantendo saturação de 80 % na oximetria de pulso e frequência cardíaca de 55 bpm. Nesse momento, a conduta é
Compartilhar